SIS passa a operar com duas carteirinhas

Os beneficiários associados ao Sistema Integrado de Saúde (SIS) do Senado Federal têm agora duas carteirinhas: uma do convênio com o Saúde Caixa e outra da nova rede direta de credenciados. Por enquanto, nessa rede própria estão os hospitais de notória especialidade Sírio-libanês Brasília, Sírio-libanês São Paulo e Israelita Albert Einstein. Além disso, há dois hospitais gerais de referência em Brasília: o DF Star e o Hospital Águas Claras (HAC).
20/08/2020 15:05

Os beneficiários associados ao Sistema Integrado de Saúde (SIS) do Senado Federal têm agora duas carteirinhas: uma do convênio com o Saúde Caixa e outra da nova rede direta de credenciados. Por enquanto, nessa rede própria estão os hospitais de notória especialidade Sírio-libanês Brasília, Sírio-libanês São Paulo e Israelita Albert Einstein. Além disso, há dois hospitais gerais de referência em Brasília: o DF Star e o Hospital Águas Claras (HAC).

Com o tempo, a carteira de credenciados do SIS terá um crescimento exponencial. Em qualquer atendimento no DF, a carteirinha do SIS deve ser a primeira opção dos usuários, pois isso fortalecerá a rede própria. Caso não haja ainda o convênio, a carteira do Saúde Caixa deve, então, ser apresentada. A carteira do Saúde Caixa também é a única opção se o beneficiário estiver fora do Distrito Federal, em outros estados – a exceção são dois hospitais de notória especialidade de São Paulo já conveniados diretamente com o SIS.

No site do SIS existe a opção de imprimir as duas carteiras digitais de cada associado. Ao clicar em “Carterinha do SIS" o beneficiário é direcionado para uma área exclusiva na qual é pedido o CPF e a data de nascimento do titular do plano. As duas carteiras aparecerão lado a lado. A carteira do Saúde Caixa, além de digital, também será entregue nas casas, como nos anos anteriores.

O SIS produziu um vídeo sobre o assunto: