SIS credencia Vila Nova Star de São Paulo

SIS inaugura nesta sexta (12) o convênio com o Hospital Vila Nova Star, de São Paulo, em sua rede de hospitais de notória especialidade. Participante da linha premium da rede D’ Or São Luiz, assim como o DF Star e o Copa Star, o hospital une tecnologia de última geração, corpo médico qualificado e conceito de hotelaria de luxo.
26/02/2021 00:00

O SIS inaugura nesta sexta (12) o convênio com o Hospital Vila Nova Star, de São Paulo, em sua rede de hospitais de notória especialidade. Participante da linha premium da rede D’ Or São Luiz, assim como o DF Star e o Copa Star, o hospital une tecnologia de última geração, corpo médico qualificado e conceito de hotelaria de luxo.

O Vila Nova Star tem 89 leitos de internação distribuídos em oito dos 16 andares. Um andar inteiro é dedicado exclusivamente à infusão de quimioterápicos. Outros três abrigam o centro de diagnóstico.

De acordo com a diretora-geral do Senado, Ilana Trombka, a chegada do Vila Nova é resultado do trabalho em prol dos servidores para trazer outro hospital de referência de São Paulo para a rede credenciada diretamente pelo SIS.

– Junto ao Albert Einstein e ao Sírio Libanês, o Vila Nova dará uma cobertura mais adequada tanto para os usuários que vivem naquela capital quanto aos de outras cidades que optarem pelo tratamento nele (ouça aqui).

Os usuários do SIS encontram, na emergência, especialidades como trauma, clínica médica, cardiologia, cirurgia e oncologia. O Centro de Terapia Intensiva tem quartos amplos com banheiro privativo e acomodação para acompanhante em tempo integral.

As salas de cirurgia são integradas com o centro de diagnósticos, ou seja, tomografia, ressonância magnética e raios X disponíveis em tempo real ao médico que conduz o procedimento, assim como seu prontuário digital. Nos casos ultracomplexos, ao mesmo tempo que a cirurgia está sendo executada amostras de sangue são vistas e exames são realizados simultaneamente.

Neuro navegador e robôs são usados em cirurgias e procedimentos vasculares, ortopédicos e de hemodinâmica, por exemplo. Os médicos usam o robô Da Vinci XI, de última geração para inúmeras especialidades. Ele tem braços controlados por médicos, mas age com precisão matemática. Isso torna o procedimento menos invasivo e a recuperação é mais rápida e com menos dor.

Câncer

Um andar é dedicado à radioterapia e algumas cirurgias na cabeça são feitas com equipamento capaz de direcionar alta concentração de radiação em pequenos pontos, num tratamento com maior precisão e menos efeitos colaterais. O oncologista Paulo Hoff, presidente da Oncologia D'Or e diretor-clínico do hospital, explica que no Brasil inteiro o Vila Nova Star é o único que tem a cyberknife (foto), um equipamento de radiocirurgia sem cortes que trata tumores em qualquer área do corpo.

– Completamente robótico, ele consegue circular ao redor do paciente atingindo ângulos que antes não poderiam ser alcançados. Por isso cyberKnife é a melhor solução para alguns tumores para os quais uma radiocirurgia convencional não seria tão eficaz.

Paulo Hoff acredita que o Vila Nova seja a solução para casos mais complexos e que precisam dessa tecnologia. De acordo com o oncologista, alguém que esteja se tratando no DF Star e precise exatamente do equipamento,  por exemplo, pode contar com o trabalho da mesma equipe, uma vez que os médicos de todos os hospitais da rede se reúnem e discutem os casos.

– Tenho certeza de que reunimos o mais completo conjunto de equipamentos de radioterapia da América Latina no Vila Nova Star e não há nenhum equipamento dos mais modernos de UTI do mundo que não temos, inclusive para circulação extracorpórea  – cita Hoff.

Dentre os exames de imagem disponíveis estão a endoscopia, tomografia computadorizada, ressonância magnética, SPECT/CT, PET/CT, cirurgia radioguiada e tratamento com radioisótopos, radiografia, ultrassonografia. Nos cardiológicos há Teste de Inclinação (Tilt Test), holter, Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial (MAPA), ecocardiografia e hemodinâmica, entre outros.

Outro diferencial ressaltado por Paulo Hoff é a busca por fazer o paciente se sentir em casa, bem acolhido. Ele acredita que uma dieta mais atraente, por exemplo,  ajuda, e muito, na recuperação. Nos hospitais Star, o serviço gastronômico é comandado pelo chef Roland Villard.

– Além disso, há um número maior do que o usual de pessoal de enfermagem por leito para uma assistência personalizada. A hotelaria é de ponta, com controle digital de cortinas, luz e televisores maiores, em quartos amplos.

Corpo clínico

Paulo Hoff destaca que, apesar do grande investimento em tecnologia e hotelaria, o maior lastro do hospital está nos especialistas que nele estão, na qualidade dos médicos, enfermeiros e demais profissionais das mais diversas áreas.

–  O hospital foi desenhado para ser completo, com o que há de mais moderno em tecnologia, aliando a isso um atendimento primoroso. Mas são as pessoas que estão ali, com grande experiência, que fazem o Vila Nova Star ser excelente.  Por isso vamos dar ao servidor do Senado um atendimento primoroso. Eu vejo essa parceria de forma muito positiva – destaca Hoff.

Serviço

Como o Vila Nova está enquadrado na rede de notória especialidade do SIS, a carteirinha aceita é a do próprio SIS – não há convênio com o Saúde Caixa. O desconto de coparticipação para emergência, consultas e procedimentos é de 30%.

O hospital Vila Nova fica na rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 126 - Vila Nova Conceição - São Paulo (SP). CEP: 04544-000

Telefone: (11) 3003.3595