Manual do Credenciado - Orientações Gerais

 

Assim que finalizarmos os ajustes operacionais e darmos início aos atendimentos, os usuários devem apresentar o modelo de cartão abaixo:

Sabemos, contudo, que mesmo com a intensa publicidade no incentivo à emissão da nova carteirinha SIS pode não atingir a todos num primeiro momento. É possível que alguns pacientes ainda cheguem às unidades credenciadas sem saber de sua existência.
Para emitir a carteirinha, o beneficiário ou o próprio atendente pode abrir o site (por computador ou dispositivo móvel - tablet, celular, etc) e clicar em Carteira do SIS, no menu principal. O link direto é: https://www.senado.leg.br/institucional/saude/carteirasis.asp . Digite o CPF do titular e a data de nascimento do titular para ver todas as carteiras do grupo familiar, tanto do SIS (rede direta) quanto do Saúde Caixa.
Para agilizar o atendimento, a emissão pode ser feita on line no site do SIS pelo próprio funcionário do hospital.
Para esclarecer dúvidas: prestadorsenado@maida.health

 

Não haverá consulta de elegibilidade dos nossos beneficiários.
Basta que apresentem o cartão de identificação dentro da validade e um documento de identidade com foto.

 

Os pedidos de autorização deverão ser encaminhados via AutorizadorWeb. Será realizado cadastro dos atendentes que farão os pedidos.

Solicitar cadastro (login e senha) de usuários que utilizarão o AutorizadorWeb pelo e-mail: sepasi.saudesf@senado.leg.br.


Documentação Mínima Obrigatória

Para dar início a solicitação faz-se necessário o envio de documentação mínima seguindo a tabela abaixo.

Durante o processo de análise podem ser solicitadas documentações complementares. O prazo para anexo de tais documentos será de 3 dias úteis contados a partir da sinalização desta pendência.

Após vencimento deste prazo cabe ao prestador iniciar uma nova solicitação incluindo a documentação demandada.

Prazos

Os prazos para análise de solicitações estão relacionados na tabela a seguir:
O prazo de utilização da Guia de Autorização / Senha, a contar da data de emissão, é de 90 (noventa) dias.
- A guia terá validade de 90 dias, podendo ser revalidada, sem necessário.
- Durante o processo de análise podem ser solicitadas documentações complementares, a critério da perícia do SIS.
- No caso de solicitação de documentação complementar, a guia ficará com o status Aguardando justificativa do Prestador.
- O prazo para atendimento da solicitação  será de 3 dias úteis contados a partir da inclusão da anotação administrativa. Após vencimento deste prazo,  a guia será negada.
- Em caso de negativa por não atendimento de documentação complementar, não haverá possibilidade de reanálise. Deverá ser feita nova solicitação.
- Todas as solicitações devem conter pedido médico, inclusive para os casos de tratamentos continuados.
- O pedido médico deve ser apresentado datado, sem rasuras/ dupla grafia e com CID/indicação.
- Procedimentos que  dispensam autorização prévia, devem apresentar, obrigatoriamente, solicitação médica sem rasura e com CID/indicação.
- Procedimentos realizados em regime de urgência deverão ser solicitados em até 48horas após a sua realização.
- Medicamentos de alto custo não contemplados em diárias globais (quando se aplicar), demandam autorização prévia.
- A categoria exames inclui apenas procedimentos diagnósticos. Procedimentos intervencionistas serão enquadrados na categoria cirurgia.
- Os prazos são válidos para análise de procedimentos eletivos e urgências.
Auditoria

A auditoria in loco será realizada pela empresa Infoway Tecnologia e Gestão em Saúde LTDA. Para os casos em que se apliquem, haverá a realização de auditoria concorrente e censo hospitalar.

Censo Hospitalar

Oportunamente, também reforçamos a importância do envio das informações relativas ao  Censo Diário. Essas informações são necessárias ao acompanhamento, por parte da empresa de auditoria, dos pacientes internados . Os dados devem ser encaminhados diariamente até às 10 horas para o e-mail: prestadorsenado@maida.health. Devendo constar as seguintes informações:
1. Número da Guia do Convênio;
2. Número da Carteira do Convênio;
3. Nome completo do paciente;
4. Sexo do paciente;
5. Data de nascimento ;
6. CNPJ Prestador;
7. Nome Prestador;
8. Número da guia do prestador;9. Caráter da internação (Eletiva ou Urgência);
10. Tipo de Internação (Clínico, Cirúrgico, Obstétrico, Pediátrico, Psiquiátrico, Domiciliar);
11. Data da hospitalização;
12. Tipo de Acomodação;
13. Cid principal;
14. Data da Desospitalização;
15. Motivo: Alta/óbito/Transferência
Reafirmamos ainda que é imprescindível que o CID principal conste no censo, sob risco de tornar deficientes as informações disponibilizadas incompletas.

Relatório de auditoria hospitalar

O Senado Federal juntamente com a Infoway, empresa terceirizada que realiza atividades operacionais no SIS, implantou  processo de preenchimento do Relatório de Auditoria Hospitalar-RAH para cada prestador pertinente. Para tanto, solicitamos vossa colaboração em atender os requisitos descritos no comunicado anexo, a fim de viabilizar o adequado andamento do trabalho.


Contato

Dúvidas e/ou questionamentos relacionados a autorização prévia de procedimentos devem ser direcionados ao e-mail: prestadorsenado@maida.health
Eles serão respondidos no prazo de até dois dias.
Dúvidas relacionadas ao funcionamento do sistema ou a erros devem ser direcionadas ao e-mail: coasis@senado.leg.br.

 

Os arquivos .XML deverão ser entregues via Portal do SIS. Nosso sistema está apto a receber arquivos .XML na versão TISS 3.03, e também na mais recente, 3.05.00.

Por favor, solicitar cadastro de usuário que utilizará o portal para envio dos arquivos .XML pelo e-mail sepasi.saudesf@senado.leg.br.
Há datas específicas, apresentadas no calendário de pagamento, para envio dos arquivos .XML e para o pagamento das contas. O prazo de pagamento é de 30 (trinta) dias contados a partir da apresentação correta dos arquivos .XML e também das notas fiscais e demais documentos abaixo listados. O prazo de apresentação da fatura é de 60 (sessenta) dias a contar da data de atendimento. Já o prazo para interposição de recurso de glosa é de 90 (noventa) dias a partir do recebimento da informação de glosa.

No futuro, o Portal do SIS fará upload dos documentos digitalizados que acompanham os arquivos .XML:

- Nota Fiscal;
- Guia assinada;
- Pedidos / solicitações médicas e/ou outros profissionais de saúde quando for o caso;
- Outras documentações e relatórios da assistência prestada conforme o caso;
- Fatura limpa pós-auditoria com a indicação de cada evento e seu respectivo valor.
- Fatura suja auditada com a indicação das glosas, valor final autorizado, assinaturas e carimbos dos auditores da Infoway e do Hospital Sírio-Libanês (DF).
Se a auditoria for realizada remotamente, deve ter o “de acordo” dos auditores via e-mail.
Até que o portal tenha disponibilizada essa funcionalidade, solicitamos que esses documentos complementares sejam enviados via Servidor de Arquivos NO PAPER, que aceitará apenas os documentos listados acima, mantendo-se a apresentação dos arquivos .XML pelo portal.

Os arquivos enviados com documentação incompleta não serão processados e poderão ser enviados novamente na próxima data de faturamento, caso estejam ainda dentro do prazo de apresentação. Cabe ao credenciado a conferência da documentação no ato do envio para pagamento.

Cada prestador terá login, senha e pasta exclusiva para upload dos documentos no NO PAPER, contendo de forma padronizada 4 subpastas, a saber:

- Envio Faturamento
- Protocolo
- Devolução
- Envio Recurso de Glosa
Ao final deste PDF, há o tutorial que apresenta informações importantes sobre o Servidor de Arquivos NO PAPER, tais como obtenção login e utilização da ferramenta.

Enviar email para prestadorsenado@maida.health, solicitando criação da pasta exclusiva, login e senha de acesso, informando nome completo, CPF e cargo que ocupa.

Veja o calendário de pagamentos para 2022 na aba "Calendário de pagamentos".

 

O Servidor de Arquivos NO PAPER é uma ferramenta destinada ao envio e recebimento de documentos de cobrança e faturamento em formato PDF, por parte da Rede Credenciada ao SIS SENADO. O prestador terá um único login e senha de acesso, assim como terá pasta exclusiva para download/upload de arquivos.
Na pasta exclusiva há quatro subpastas: envio faturamento, protocolo, devolução e envio recurso de glosa.
Caso seja um prestador credenciado ao SIS SENADO, enviar email para prestadorsenado@maida.health solicitando criação da pasta exclusiva, login e senha de acesso. Informe nome completo, CPF e cargo que ocupa.
No campo "Usuário" informe o CNPJ do prestador credenciado. A senha padrão é SENADODF que, por segurança, deve ser modificada no primeiro acesso.

 

Ao acessar você verá a tela abaixo:
Clique no círculo indicado pela seta vermelha no canto superior direito da tela para visualizar o menu. Escolha, então, a opção Configurações:
Em seguida, clique na opção segurança, indicada pela seta vermelha:
A tela abaixo aparece, com a opção de alterar senha. Informe a nova senha e clique no botão "Alterar senha".
* Caso no seu primeiro acesso o idioma dos menus não esteja em português, veja item sobre alterar idioma.

Na pasta exclusiva há quatro subpastas: envio faturamento, protocolo, devolução e envio recurso de glosa.

A tela inicial poderá aparecer algumas pastas que são padronizadas na aplicação, estas devem ser ignoradas ou até mesmo excluídas, devendo-se considerar apenas a pasta com o nome do prestador credenciado, que é a pasta exclusiva para upload e download de documentos. Clicando nesta pasta, conforme indicado pela seta vermelha, será dado acesso às quatro subpastas.

 

 

Após clicar na pasta com o nome do prestador, deverão aparecer as pastas específicas para upload e download de arquivos, conforme tela abaixo.

 

 

Pasta: Envio de faturamento

 

Nesta pasta deverão ser feitos os Uploads dos PDFs com os documentos exigidos para cobrança e faturamento, seguindo o cronograma previamente já informado. Para cada arquivo eletrônico de cobrança do tipo XML enviado deve ser enviado um PDF equivalente aos documentos de cobrança. Os arquivos PDF devem, como padrão, ser nomeados com o número do PEG a que se refere, que é gerado no momento do envio do arquivo XML.

Para cada PEG deve ser gerada uma NF e esta deve ser enviada em um arquivo separado das demais documentações comprobatórias do PEG. Ou seja, deve-se enviar um arquivo PDF para a documentação comprobatória e um outro arquivo PDF para a Nota Fiscal, nomeados seguindo o padrão: "PEG 00000.pdf" para a documentação comprobatória e "PEG 00000 NF.pdf" para o arquivo da Nota Fiscal.

 

Importante: os arquivos nomeados e enviados de forma divergente da orientação acima serão desconsiderados e o recebimento não será considerado.

Pasta: Protocolo
Nesta pasta estarão os protocolos de recebimento dos documentos para download. O protocolo estará disponível em até 48 horas úteis após o envio dos arquivos de cobrança de faturamento ou de recurso de glosa. Caso não sejam encontrados, deve-se enviar e-mail para prestadorsenado@maida.health . No e-mail solicite o envio, informando o número dos PEGs e a data em que foi enviado.
Pasta: Devolução
Nesta pasta estão os arquivos de cobrança que por algum motivo precisam ser devolvidos. Faça o download.

Pasta: Envio do recurso de glosa

Nesta pasta deverão ser feitos os uploads dos PDFs com os documentos exigidos para apresentação do recurso de glosas.

Importante: os documentos de Faturamento e Recurso de Glosa devem ser enviados para suas subpastas específicas, aqueles que forem enviados na pasta errada não serão considerados como recebidos.

 

Nesta Pasta deverão ser feitos os Uploads dos PDFs com os documentos exigidos para apresentação do recurso de glosas. Os documentos de Faturamento e Recurso de Glosa devem ser enviados para suas subpastas específicas, aqueles que forem enviados na pasta errada não serão considerados como recebidos.
Menu "recurso de glosa":

Desde que respeitado o prazo previsto em contrato para apresentação de recursos, no submenu “recursar glosa” poderão ser selecionados os protocolos para contestação das glosas, clicando no ícone correspondente da coluna “ações”:

Ao expandir a carga do protocolo, são exibidas as guias nas quais existem eventos glosados. Clique na caixa de seleção dos eventos para os quais será apresentada a mesma justificativa de recurso. Clique no botão “recursar”.

 

Selecione o motivo de glosa TISS associado aos eventos, preencha a justificativa e salve as alterações.

O sistema deverá informar o número de protocolo vinculado ao recurso. Repetir o processo até que todos os eventos do PEG para os quais o credenciado deseja apresentar recurso tenham sido selecionados.

Como fazer upload dos arquivos de cobrança referentes aos PEGs:

Para enviar arquivos de cobrança clique na Pasta Exclusiva do Prestador e, em seguida, na pasta “Envio Faturamento”, conforme indicado pela seta vermelha abaixo.

 

Depois disso, clique em “+”, conforme indicado pela seta vermelha na tela abaixo e escolha a opção “Enviar arquivo”:

 

Você verá a pasta do gerenciador de arquivos do Sistema operacional que, no caso abaixo, é o windows.

Selecione a sua pasta onde estão os arquivos que deseja enviar, marque aqueles que pretende baixar e confirme no botão abrir.

O processo para envio do recurso de glosa é semelhante, no entanto deve ser executado na subpasta “Envio Recurso de Glosa”.

Como fazer download dos Protocolos de recebimento de PEGs:

Para baixar o Protocolo de recebimento da documentação enviada no seu computador, devemos clicar na Pasta Exclusiva do Prestador e em seguida na pasta “Protocolo”, conforme indicado pela seta vermelha abaixo:

 

Os protocolos disponíveis deverão aparecer, coforme exemplo da tela abaixo:

Para efetuar o download,deve-se marcar o(s) arquivo(s) conforme demonstrado abaixo. Em seguida clique no botão “…Ações”, conforme indicado:

 

 

Deverá aparecer o menu conforme indicado abaixo, clicar na opção “Baixar”. Para baixar arquivos devolvidos o processo é semelhante, no entanto deve ser executado na subpasta “Devolução”.

Caso o idioma seja diferente do Português você poderá alterá-lo. Para isto devemos ir o circle localizado no canto superior direito, em seguida devemos clicar na opção “Settings” como mostra a figura abaixo:

No canto esquerdo, clicamos na opção “Personal info”. No campo “language” mude para “português brasileiro” e em “Locale” alteramos para Português(Brasil) como mostra a imagem abaixo:

 

Além de centralizar as autorizações, as auditorias e o processamento de contas, a empresa Infoway Tecnologia e Gestão em Saúde LTDA., contratada pelo Senado Federal, será o canal para que os prestadores de serviços de saúde comuniquem dificuldades de acesso, impedimentos técnicos e problemas para fazer uploads de arquivos, entre outros. Isso poderá ser feito pelo e-mail: prestadorsenado@maida.health .
Esse mesmo e-mail também será o canal para obter informações sobre os processos de autorizações e pagamentos, e para relatar problemas com o AutorizadorWeb e o Portal do SIS.