Projeto de Rodrigo Pacheco garante primeiro lote de vacinas da Pfizer no Brasil

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (Democratas-MG), celebrou, nesta quinta-feira (29), a chegada ao país do primeiro lote contendo um milhão de doses da vacina contra a Covid-19 produzida pela Pfizer/BioNTech.
29/04/2021 21:19

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (Democratas-MG), celebrou, nesta quinta-feira (29), a chegada ao país do primeiro lote contendo um milhão de doses da vacina contra a Covid-19 produzida pela Pfizer/BioNTech. A compra dos imunizantes pelo governo federal foi viabilizada por meio da Lei 14.125/21, que tem origem no projeto de autoria de Pacheco (PL 534/2021), aprovado em tempo recorde pelo Congresso Nacional.

A lei garante, entre outras medidas, segurança jurídica aos laboratórios em caso de atraso na entrega ou de eventuais efeitos colaterais do imunizante. A remessa faz parte de um total de 100 milhões de doses adquiridas pelo Brasil das empresas americanas Pfizer e Janssen.

“É uma demonstração da união de esforços, a partir da comunhão de ideias, que culminou na segurança jurídica necessária para a aquisição de vacina para o povo brasileiro”, destacou Pacheco.