Ferramentas Pessoais
Acessar

Eunício presta contas do trabalho na presidência do Congresso Nacional

Após conduzir a sessão do Congresso Nacional em que foi aprovado o Orçamento da União para o ano de 2019, o presidente Eunício Oliveira (MDB-CE), agradeceu o trabalho de todos os senadores, deputados e servidores da Casa durante esses dois anos em que esteve no comando do Parlamento.
19/12/2018 20:40
Eunício presta contas do trabalho na presidência do Congresso Nacional

Eunício presta contas do trabalho na presidência do Congresso Nacional. Foto: Jonas Pereira

Após conduzir a sessão do Congresso Nacional em que foi aprovado o Orçamento da União para o ano de 2019, o presidente Eunício Oliveira (MDB-CE), agradeceu o trabalho de todos os senadores, deputados e servidores da Casa durante esses dois anos em que esteve no comando do Parlamento. O presidente aproveitou para fazer um balanço e destacou que sua atuação sempre teve como base o espírito democrático e a busca pelo entendimento.

“Como presidente deste Congresso, busquei sempre promover, mesmo na divergência, a união, o entendimento e a representação de todas as correntes de pensamento defendidas por cada um dos senhores e das senhoras. O mesmo respeito político e institucional mantive em relação aos partidos políticos, lideranças sociais e, particularmente, aos demais poderes da república”, afirmou.

Segundo Eunício, foi graças às práticas democráticas que o Brasil atravessou e superou uma das maiores crises da história republicana vivida nos últimos dois anos. E lembrou ainda que a Câmara dos Deputados e o Senado Federal contrariaram as previsões de que, em 2018, o Parlamento ficaria inerte diante das eleições e da Copa do Mundo.

“Em conjunto e separadamente, nós enfrentamos todos os desafios, inclusive históricos, surgidos no decorrer dos últimos anos. Entendo eu que o Congresso Nacional honrou seus deveres constitucionais com afinco, apreciando medidas provisórias, vetos e questões orçamentárias. Conseguimos manter média excelente de produção legislativa”, argumentou Eunício Oliveira.

O presidente recordou dificuldade vividas pelos brasileiros, quando os parlamentares atuaram prontamente. Ele citou a crise de segurança pública, quando foram aprovadas diversas medidas de combate à violência, entre elas, a criação do Ministério da Segurança Pública. Enumerou ainda o movimento dos caminhoneiros que, em maio deste ano, gerou prejuízos à economia e levou a “momentos dramáticos” de desabastecimento da população.

“Foi esse Congresso Nacional, foi o presidente Rodrigo Maia, foram os líderes partidários, foi esse presidente que vos fala que buscaram, na divergência, o entendimento, que é o melhor caminho e é o melhor meio de comunicação”, declarou.

Para concluir, o presidente defendeu que os parlamentares encerram os trabalhos legislativos com “a consciência do dever cumprido” após a aprovação da Lei Orçamentária Anual para 2019 dentro do prazo. E se mostrou otimista com a atuação do Parlamento que assume nos próximos anos.

“Tenho a convicção que o próximo Congresso Nacional, com a mesma atenção e esmero, continuará trabalhando intensamente, com a responsabilidade e a dedicação que todos os brasileiros e todas as brasileiras merecem. O Congresso Nacional tem, na minha convicção, compromisso com o Brasil, e terá, sempre, o compromisso com a democracia”, encerrou Eunício.