Ferramentas Pessoais
Acessar

Presidente Davi inaugura novo aeroporto internacional no Amapá

Depois de diversas paralisações, a obra, que teve início em 2004, vai ser finalmente entregue ao povo amapaense com a capacidade de atender 5 milhões de passageiros por ano, 60% a mais do volume atual.
10/04/2019 19:40
Presidente Davi inaugura novo aeroporto internacional no Amapá

Presidente Davi inaugura novo aeroporto internacional no Amapá.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), viaja, nesta sexta-feira (12), para Macapá, capital do Amapá, onde inaugura o novo aeroporto internacional Alberto Alcolumbre às 11 horas. Depois de diversas paralisações, a obra, que teve início em 2004, vai ser finalmente entregue ao povo amapaense com a capacidade de atender 5 milhões de passageiros por ano, 60% a mais do volume atual.

A conclusão do aeroporto contou com o empenho da bancada federal do Amapá no Congresso Nacional, que, liderada por Davi Alcolumbre, liberou R$ 163 milhões em emenda prevista no orçamento de 2017. O novo terminal de passageiros terá 25 balcões de check-in, com mais de 40 pontos comerciais. A estrutura terá três pontos de embarque e desembarque, oito espaços para estacionamento das aeronaves e as vagas para veículos ampliadas de 178 para 781.

Além de modernizar o complexo, que data de 1974, e tornar o estado mais atraente ao turismo, a expectativa é de incremento econômico para a região com a geração de emprego e renda. Estudo da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) revela que para cada posto de trabalho que surge na aviação outros 10 indiretos são criados.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, parlamentares do estado e o governador do Amapá, Waldez Góes, também participarão da solenidade.

Devido a participação do presidente da República na inauguração, a imprensa que desejar fazer a cobertura do evento deverá fazer a solicitação de credenciamento até as 19h, do dia 11 de abril de 2019 (horário de Brasília), acessando o sistema de credenciamento de imprensa no site do Palácio do Planalto: