Ferramentas Pessoais
Acessar

"O Brasil não pode perder empregos neste momento de pandemia”, diz Davi

Para Davi Alcolumbre a continuidade do benefício às empresas de 17 setores da economia até o final de 2021 vai garantir a manutenção de milhões de empregos no país e a geração de novos postos de trabalho.
04/11/2020 17:50
"O Brasil não pode perder empregos neste momento de pandemia”, diz Davi

"O Brasil não pode perder empregos neste momento de pandemia”, diz Davi. Foto: Marcos Brandão

Em entrevista à imprensa nesta quarta-feira (4), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), avaliou positivamente a derrubada do veto presidencial referente à desoneração da folha de pagamentos pelos pelos deputados e senadores. Para Davi Alcolumbre a continuidade do benefício às empresas de 17 setores da economia até o final de 2021 vai garantir a manutenção de milhões de empregos no país e a geração de novos postos de trabalho.

"O Brasil está perdendo muitas vidas na pandemia, e não pode perder empregos. O emprego é fundamental para o crescimento econômico, ainda mais em um momento conturbado que estamos vivendo”, disse o presidente do Senado.

A análise do veto da desoneração estava prevista desde julho, quando o presidente Jair Bolsonaro vetou o projeto aprovado no Congresso. Em sessões remotas distintas, por conta do distanciamento social imposto pela pandemia, os deputados derrubaram o veto por 430 votos favoráveis, 33 contrários e uma abstenção. Já na sessão com os senadores, o dispositivo obteve 64 votos a favor da sua anulação e dois contrários.

"Há três meses, quando houve o veto, a visão do governo era outra. Na sessão de hoje tivemos a orientação do Executivo para a derrubada do seu próprio veto. Isso deve ser exaltado. É maturidade política, relação institucional honesta, e a busca da conciliação de temas importantes”, destacou Davi.

PLNs

O Congresso Nacional analisou um grupo de 29 projetos de lei (PLNs), que concedem recursos e créditos extraordinários para ministérios, às justiças Federal, Eleitoral e do Trabalho, entre outros órgãos públicos e autarquias. Davi Alcolumbre destacou que esses recursos já aprovados pelos deputados, e que agora estão sendo examinados no Senado, serão utilizados em obras de desenvolvimento para as cidades.

"Fizemos um grande entendimento para a votação desses PLNs. Recursos importantes para a manutenção de obras em andamento”, disse Davi.