Ferramentas Pessoais
Acessar

Em Manaus, Davi defende desenvolvimento dos estados e municípios

“Estamos atentos na defesa intransigente dos estados e municípios. Os incentivos fiscais aos estados mais distantes do Centro-Sul brasileiro são fundamentais para o desenvolvimento, geração de riquezas e renda”, afirmou Davi.
13/03/2020 13:27
Em Manaus, Davi defende desenvolvimento dos estados e municípios

Em Manaus, Davi defende desenvolvimento dos estados e municípios. Foto: Marcos Brandão

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), disse, nesta quinta-feira (12), que o Parlamento brasileiro trabalha para garantir o desenvolvimento dos estados e municípios brasileiros, em especial das localidades mais distantes do centro do País.

“Estamos atentos na defesa intransigente dos estados e municípios. Os incentivos fiscais aos estados mais distantes do Centro-Sul brasileiro são fundamentais para o desenvolvimento, geração de riquezas e renda”, afirmou o presidente do Senado, que é senador pelo Amapá, Estado também localizado na região Norte.

Davi Alcolumbre defendeu o modelo de concessão de incentivos fiscais à indústria, nos moldes da Zona Franca de Manaus (ZFM). O parque industrial na região amazônica concentra mais de 600 empresas e gera mais de 500 mil empregos.

Davi e uma comitiva de parlamentares participaram do anúncio de novos investimentos na fábrica da Honda Motos do Brasil, em Manaus. A empresa também comemorou a marca de 25 milhões de motocicletas produzidas na unidade do Polo Industrial de Manaus desde 1976, quando a empresa japonesa se instalou na região.

"O modelo se espraia a todos os estados do Norte do Brasil, com exceção do Pará, que tiveram através das áreas de livre comércio oportunidade de se desenvolver. No Amapá, as áreas de livre comércio são responsáveis pela equiparação dos preços dos produtos que chegam por lá. Eu sei as nossas carências de infraestrutura, as nossas demandas e os nossos dramas”, afirmou Davi.

Davi Alcolumbre, ainda, se reuniu com o governador do Estado, Wilson Lima, na Sede do Governo. A Reforma Tributária, proposta em análise pelo Congresso Nacional, foi o tema do encontro.

Participaram da comitiva os senadores Omar Aziz (PSD-AM), Eduardo Braga (MDB-AM); Ciro Nogueira (PP-PI) e Prisco Bezerra (PDT-CE); e deputados federais.

 

Coronavírus

Davi Alcolumbre informou que o Congresso Nacional vai liberar recursos extras do Orçamento ao ministério da Saúde para o enfrentamento do novo coronavírus (Covid-19).

"É um momento de dificuldade pois teremos uma crise de saúde pública nacional. O Parlamento brasileiro está tomando todas as precauções necessárias. Vamos autorizar o que for necessário para o governo brasileiro enfrentar esse momento”, disse.

Convocada por Davi na última quinta-feira (11), uma reunião com a presença dos ministros Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e Paulo Guedes (Economia), e líderes partidários, mostrou a necessidade da liberação de mais de R$ 5 bilhões de recursos extras para o enfrentamento da doença no País.