Ferramentas Pessoais
Acessar

Davi prestigia unidade fluvial de educação profissionalizante em Macapá

Na manhã desta sexta-feira (12), no Pier Santa Inês, em Macapá, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), e o ministro da Cidadania, Osmar Terra, visitaram as instalações do barco Samaúma II, escola SENAI, que atende às comunidades ribeirinhas da Amazônia Legal, oferendo cursos profissionalizantes gratuitos de prática industrial a alunos da região norte brasileira.
12/07/2019 14:35

Na manhã desta sexta-feira (12), no Pier Santa Inês, em Macapá, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), e o ministro da Cidadania, Osmar Terra, visitaram as instalações do barco Samaúma II, escola SENAI, que atende às comunidades ribeirinhas da Amazônia Legal, oferendo cursos profissionalizantes gratuitos de prática industrial a alunos da região norte brasileira. Os senadores Lucas Barreto (PSD/AP) e Randolfe Rodrigues (Rede/AP), além do governador do Amapá, Waldez Góes, e o prefeito de Macapá, Clécio Luís, e o deputado federal Floriano Pesaro também acompanharam a comitiva.

A unidade fluvial sustentável circula há cinco anos e é considerada uma das mais modernas do país. Com três conveses, pesa mais de 250 toneladas, possui 4 salas de aula, 7 laboratórios-oficinas para aulas práticas e capacidade para atender até 3 mil pessoas por ano. É a primeira vez que ela é ancorada em Macapá.

Durante a conversa com alunos na sala de informática e nos laboratórios de alimentos e mecânica da embarcação, Alcolumbre falou da importância do projeto para os jovens do Amapá.

“Sinto-me duplamente gratificado em prestigiar o projeto Barco-Escola, o Samaúma II, ancorado em Macapá. Se, de um lado, possibilita que centenas de pessoas da região Norte tenham acesso à educação, de outro, implementa de vez a integração do Amapá ao tabuleiro federativo dos projetos de educação industrial. Quem ganha são os jovens do Amapá, que agora podem prosperar mediante uma nova profissão. Multiplicamos assim nosso potencial no processo de ensino-aprendizagem, investindo em conhecimento necessário e de ponta à nossa juventude trabalhadora", disse Davi.