Ferramentas Pessoais
Acessar

Davi pede ao governo federal prorrogação do auxílio emergencial para o Amapá

Em entrevista ao programa Luiz Melo Entrevista, da rádio Diário do Amapá, o presidente do Congresso, senador Davi Alcolumbre, em mais uma defesa pelo Estado, comunicou que já havia solicitado que o governo federal estendesse o auxílio emergencial, de forma extraordinária, para as famílias que perderam tudo com o blecaute energético.
12/11/2020 11:40
Davi pede ao governo federal prorrogação do auxílio emergencial para o Amapá

Davi pede ao governo federal prorrogação do auxílio emergencial para o Amapá

Nesse momento falando com o ministro Paulo Guedes sobre a prorrogação do auxílio emergencial para o Amapá.

Em entrevista ao programa Luiz Melo Entrevista, da rádio Diário do Amapá, o presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (Democratas-AP), em mais uma defesa pelo Estado, comunicou que já havia solicitado que o governo federal estendesse o auxílio emergencial, de forma extraordinária, para as famílias que perderam tudo com o blecaute energético.

Depois do apagão, nove dias atrás, o Amapá ainda não teve 100% da energia restabelecida. O sistema de rodízio impõe prejuízo e problemas. A população está sofrendo e precisa de ajuda e de respostas efetivas. Por isso, em primeira mão, Davi disse que, há 5 dias, conversou com o presidente Bolsonaro sobre a liberação de mais uma parcela do auxilio emergencial para amenizar a situação que hoje vive os amapaenses.

“A população precisa de ajuda e de respostas efetivas. Solicitei, há 5 dias, ao presidente Bolsonaro e ao ministro Paulo Guedes que o auxílio emergencial seja prorrogado no Amapá. A situação aqui é dramática. Os amapaenses perderam a comida de um mês, tudo estragou nas geladeiras. As pessoas estão sofrendo. É dever do Estado socorrê-las. Todo o auxílio, os R$ 300, foram perdidos, então é fundamental recompormos isso da melhor maneira possível. Externei tudo isso ao presidente da República e vamos estudar um mecanismo para recompor esse recurso, tecnicamente, e chegar o mais rápido possível a um entendimento jurídico para fazermos isso", destacou Davi.

Ao encerrar sua participação, Alcolumbre imediatamente ligou para o ministro Paulo Guedes dando andamento ao assunto.

Assessoria de Imprensa Davi Alcolumbre 12.11.2020