Ferramentas Pessoais
Acessar

Davi diz que votação da PEC da Previdência deve seguir calendário e ficar para semana que vem

Davi esteve no começo da noite, desta segunda-feira (9), no gabinete da vice-presidência da República, para fazer uma visita de cortesia ao presidente em exercício, general Augusto Mourão.
09/09/2019 19:10

O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), esteve no começo da noite, desta segunda-feira (9), no gabinete da vice-presidência da República, para fazer uma visita de cortesia ao presidente em exercício, general Augusto Mourão.  Na chegada, Davi Alcolumbre concedeu entrevista aos jornalistas que o indagaram a respeito da votação da PEC da Previdência. Ele disse que a tendência é que a matéria seja votada apenas na semana que vem.

“Os líderes sinalizam no sentido de que é importante que o calendário seja cumprido. Não há consenso para antecipar a votação da PEC da Previdência ainda esta semana. A previsão é que a proposta será votada em primeiro turno na semana que vem, respeitando os prazos constitucionais de cinco sessões de discussão no Plenário. Amanhã, conforme o calendário, faremos a sessão temática de debates. Não havendo unanimidade, a votação fica para 18 de setembro. E eu me curvo à vontade dos líderes” – disse o presidente.

Davi também foi perguntado a respeito da indicação do subprocurador Augusto Aras ao cargo de procurador-geral da República (PGR).

“A indicação do procurador-geral é de competência exclusiva do presidente da República. Tão logo a mensagem chegue ao Senado Federal, farei a leitura em plenário e o encaminhamento à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Ao Senado, cabe sabatinar e votar sim ou não ao nome do indicado” – afirmou.