Ferramentas Pessoais
Acessar

Davi anuncia criação da comissão de acompanhamento da reforma da previdência

Na manhã desta quinta-feira (14), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), anunciou que vai assinar ainda hoje o ato de criação da comissão especial de senadores que vai acompanhar o processo de votação da matéria na Câmara dos Deputados.
14/03/2019 14:40

Na manhã desta quinta-feira (14), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (Democratas-AP), anunciou que vai assinar ainda hoje o ato de criação da comissão especial de senadores que vai acompanhar o processo de votação da matéria na Câmara dos Deputados. O colegiado vai ser formado por nove integrantes, será presidido pelo senador Otto Alencar (PSD-BA) e terá como relator o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).

“A comissão sempre foi o desejo dos senadores de acompanhar paralelamente o debate. A comissão [de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados] foi constituída, o debate vai começar. Então acompanhando esse debate, os senadores estarão aptos agora, com essa comissão especial, a fazer os encontros com os líderes partidários da Câmara”, explicou Davi Alcolumbre.

Questionado sobre o projeto de reforma da previdência para os militares, o presidente do Senado informou que há um acordo, tanto entre os senadores quanto entre os deputados, de que o projeto dos militares caminhe em conjunto com a Proposta de Emenda à Constituição da reforma, mas será votado depois.

“É um compromisso que nós fizemos com os militares. E eu volto a externar, publicamente, o compromisso. Se a reforma for votada pela manhã, o projeto de lei dos militares vai ser votado à tarde. Se for votado num dia a reforma da previdência, o dos militares será no outro dia”, disse Davi.

Pacto Federativo

O presidente do Senado comunicou que estão previstas, na última semana do mês, duas reuniões para debater a revisão do pacto federativo: uma com governadores, outra com prefeitos. Os encontros que, antes aconteceriam na próxima semana, foram adiados devido a indisponibilidade na agenda de todos os governadores. Depois de ouvir os chefes dos Executivos locais, os senadores vão promover uma sessão temática, no Plenário, com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

registrado em: