Evento marca lançamento da versão em português da página que ensina competências essenciais na Era Digital

Na ocasião, o ILB em conjunto com o INSPER também promoveu um seminário para tratar do assunto
2022-11-09 10:20

No dia 7/11, o ILB e o Insper fizeram o lançamento da  versão em português do website “Ensinando Gestão Pública na Era Digital’’. A página traz um plano de curso gratuito e de livre acesso elaborado para ajudar educadores a ensinarem alunos em nível de mestrado e de pós-graduação um conjunto de competências essenciais na Era Digital.

Leonardo Barbosa, Diretor-Executivo do ILB, destacou que o programa tem por objetivo contribuir com um serviço público mais transparente, seguro, democrático e alinhado com as necessidades dos usuários. Já o Coordenador-Executivo do Centro de Políticas Públicas do INSPER, André  Marques, destacou que  a proposta visa, em última análise,  entregar para os cidadãos melhores serviços.

O professor David Eaves, da University College London (UCL), um dos idealizadores do programa, ressaltou que os servidores públicos devem estar bem equipados e ter consciência e clareza de como as tecnologias podem contribuir para que sejam eles bem sucedidos na sua missão.

A professora Ines Mergel, da Universidade de Constança (Uni. Konstanz), contou que o curso utilizou abordagens com grupos focais e contou com a contribuição de educadores e especialistas de diferentes países para que o trabalho pudesse chegar ao momento atual. Foram contribuições de especialistas de mais de dez países.

Visite a página no link: https://www.teachingpublicservice.digital/pt/home

 

 

Perspectivas do Governo Digital no nível Federal

Após o lançamento da página, o ILB e o Insper promoveram o Seminário “Perspectivas do Governo Digital no Brasil”. Foram duas mesas redondas. A primeira se debruçou sobre as perspectivas do Governo Digital no Brasil.

Com a mediação de Beatriz Vasconcelos, economista pela FGV do Rio de Janeiro e mestre em Administração Pública por Harvard, o painel contou com as participações da professora da Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Maria Alexandra; do mestrando em Políticas Públicas pela FGV, Ciro Avelino; e  do especialista sênior do Banco Mundial, Tiago Peixoto. Alguns assuntos trazidos ao debate foram as estratégias de coordenação entre os entes federais e locais, a inclusão digital, o governo híbrido, entre outros.

Desafios dos estados e municípios

A segunda mesa de dicussões tratou dos desafios impostos aos entes estaduais e municipais. Os painelistas foram Thiago Ávila, Cientista da Computação pela Universidade Federal de Alagoas e Pesquisador em Transparência e Governo Aberto;  Cátia Gomes de Castro, Gestora Pública do Governo da Bahia e Mestre em Administração Pública e Privada pela UFBA; e Antônio Carvalho Neto, Secretário Municipal de Governança da Prefeitura de Maceió e Presidente do Conselho Municipal de Tecnologia e Inovação. Os palestrantes destacaram as desigualdades existentes entre os municípios no que tange o acesso e utilização de novas  tecnologias e sua aplicação a fim de que a transformação digital permita entregas de valor público. Segundo os especialistas, a simples digitalização não é capaz de promover tal transformação. Para alcançar este objetivo é preciso não perder de vista a constante avaliação da necessidade de mudanças em processos.

O Seminário completo pode ser assistido no canal do Interlegis no Youtube.

Por Rafael Holanda Fernandes

Revisão: Débora Pais