Ferramentas Pessoais
Acessar

Renan diz que autoridades tem que fazer o "dever de casa"

Secretaria de Imprensa da Presidência do Senado - Sexta-feira, 1 de Março de 2013
01/03/2013 00:00

O anúncio feito hoje pelo IBGE de que a economia do país cresceu apenas 0,9% em 1912, em relação a 2011, foi alvo de comentário do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), a pedido dos jornalistas que o acompanharam à Convenção Nacional da Juventude PMDB, realizado hoje no Auditório Petrônio Portella no Senado Federal. Para o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), é fundamental que as autoridades governamentais façam o "dever de casa" para que o país tenha uma taxa de crescimento maior em 2013.

"O Brasil está convivendo com uma crise mundial, os nossos compradores estão comprando menos, então é natural que nós tenhamos alguma dificuldade para crescer na velocidade da nossa vocação econômica, mais eu tenho uma expectativa muito grande que nós vamos crescer muito mais em 2013", salientou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Ao sair do evento, o presidente Renan Calheiros (PMDB-AL) reiterou: "Nós precisamos voltar a crescer. O crescimento econômico é nossa vocação. Nós precisamos retomar os investimentos públicos, investimentos privados e fazer o dever de casa. Continuar com as reformas microeconômicas para que o Brasil cresça suficientemente e mantenha fortalecido o seu mercado interno. Nós estamos vivendo uma circunstancia de crise econômica mundial. Os nossos compradores estão comprando menos de modo que a consequência é um crescimento menor", aquilatou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). O presidente Renan, no entanto, fez questão de frisar: "Tenho absoluta convicção que esse ano nós vamos crescer mais e o papel do Congresso é colaborar para que isso aconteça".

 

Secretaria de Imprensa da Presidência do Senado