09/08/2021
Enquete: coronavírus
Proposta que só permite flexibilizar uso de máscara quando 70% da população estiver vacinada divide participantes

Enquete realizada pelo Instituto de Pesquisa DataSenado em julho aponta que 54% dos participantes apoiam o Projeto de lei no 2.150, de 2021. De acordo com a proposta, a obrigatoriedade do uso de máscara facial só poderá ser flexibilizada quando pelo menos 70% da população estiver imunizada contra a Covid-19. Por outro lado, 46% dos participantes se manifestaram contra o estabelecimento dessa condição.

 

 

Entre os que discordam do Projeto de lei no 2.150, de 2021, 57% acreditam que o atual percentual de vacinados já permite a flexibilização do uso de máscaras faciais. Por outro lado, 22% acreditam que o uso de máscaras deve ser flexibilizado, mas que o percentual de vacinados proposto como condição para tal deve ser menor que 70%. Além disso, para 16%, o uso de máscara deve ser flexibilizado quando mais de 70% da população estiver vacinada.

 

 

Caso o projeto de lei seja aprovado, 38%, dos respondentes acreditam que não haverá diferença quanto à duração da pandemia. Por outro lado, 37% avaliam que a pandemia vai durar menos tempo e 16%, que a pandemia vai durar mais tempo.

 

 

A enquete contou com 375 participantes e ficou disponível no Portal do DataSenado de 1º de julho a 1º de agosto de 2021.

Os resultados refletem a opinião dos que participaram da enquete no portal do Senado Federal. Os números não representam a opinião da totalidade da população brasileira. Os valores percentuais foram arredondados de maneira que a soma dos percentuais de alguns gráficos pode ser diferente de 100%, para mais ou para menos.