10/12/2019
Pesquisa
Pesquisa de opinião para elaboração da proposta da Política Nacional de Cuidado - 2019

O Instituto de Pesquisa DataSenado realizou, em parceria com os gabinetes da senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) e dos senadores Flávio Arns (Rede-PR) e Eduardo Gomes (MDB-TO), um estudo sobre o cuidado de pessoas com deficiência, pessoas com doenças raras e idosos. Para a concretização da pesquisa, a coleta de dados foi feita em duas modalidades: quantitativa (por telefone)* e qualitativa (por meio de grupos focais)**. Os resultados fazem parte de uma série de estudos que terão continuidade em 2020 e subsidiarão o debate de uma proposta de Política Nacional do Cuidado.

 

Metodologia

*Na pesquisa quantitativa, foram entrevistados 2.400 cidadãos de todas as unidades da Federação, por meio de ligações para telefones fixos e móveis, no período de 24 de julho a 1º de agosto. A amostra é estratificada, totalmente probabilística, com alocação proporcional à população segundo dados mais recentes do IBGE. A margem de erro é de dois pontos percentuais com nível de confiança de 95%. Algumas questões foram respondidas por grupos específicos da amostra. Para estas questões a margem de erro é superior a dois pontos percentuais.

**A pesquisa qualitativa foi feita por meio de grupos focais, que visam, por meio de mediação, a saturação da amostra em relação a categorização do tema investigado. A pesquisa foi realizada no período de 13 a 19 de agosto, em cinco cidades, uma em cada região do país: Brasília (DF), Curitiba (PR), Salvador (BA), São Paulo (SP) e Manaus (AM). Em cada cidade foram realizados três grupos focais com identificações de cuidadores profissionais e cuidadores familiares, não sendo critério de exclusão a faixa etária ou classificação econômica.