20/02/2021
Pesquisa: O Cidadão e o Senado Federal
Para brasileiros, o Senado e a Câmara são muito importantes para a democracia

O Instituto DataSenado realizou nova rodada de pesquisa nacional, que tem série histórica aplicada desde 2010, para avaliar a opinião dos brasileiros sobre democracia, desempenho dos parlamentares e alguns dos principais temas em debate no país. Entre os dias 19 e 26 de janeiro de 2021, foram entrevistados por telefone 3.000 cidadãos de 16 anos ou mais, em amostra representativa da opinião da população brasileira.

Sensação de bem-estar diminui e saúde é a maior preocupação dos brasileiros



No atual contexto, a saúde foi apontada como principal preocupação por 45% dos brasileiros – um aumento de 17 pontos percentuais em comparação aos resultados da pesquisa anterior, atingindo o maior percentual desde 2012. Em seguida estão emprego e custo de vida, citados por 15% e 12%, respectivamente.

 

 

Somados, saúde e economia são a principal preocupação de 7 em cada 10 brasileiros – o que permite concluir o quão impactante tem sido a pandemia sobre a vida da população.

 

Democracia e Avaliação do Congresso Nacional

A democracia foi apontada como melhor forma de governo por 64% dos brasileiros, percentual acima dos 58% auferidos em pesquisa de 2019. Ainda assim, 88% da população está pouco ou nada satisfeita com o funcionamento do regime democrático no país.

 

 

 

Segundo 45% da dos brasileiros, a atuação do Senado no atendimento às necessidades da população é regular. Por outro lado, 40% a avaliam como ruim ou péssima e 12%, como ótima ou boa. Contudo, a quantidade de brasileiros que consideram o Senado e a Câmara muito importantes para a democracia aumentou em relação ao levantamento realizado em 2016, última vez em que a pergunta foi apresentada.

 

 

 

Além disso, aproximadamente 7 em cada 10 brasileiros acham ambas as Casas Legislativas muito importantes para a fiscalização do governo federal.

 

 

Mais da metade dos brasileiros tem interesse médio ou alto por política e, quando perguntados com que frequência acompanham notícias sobre o que está sendo debatido no Senado Federal, aproximadamente 3 em cada 10 brasileiros afirmam que acompanham com muita frequência.

 

 

 

No que diz respeito ao posicionamento político, aproximadamente um terço dos brasileiros se consideram de esquerda ou de direita. Por outro lado, metade dos brasileiros (50%) não se consideram nem de esquerda, nem de direita e nem de centro.

 

 

 

 

 

Metodologia

As amostras do DataSenado são totalmente probabilísticas. Nas entrevistas, são feitas perguntas que permitem estimar a margem de erro para cada um dos resultados divulgados, calculados com nível de confiança de 95% (Anexo 1 do relatório completo). Dessa forma, não existe uma única margem de erro para toda a pesquisa (aproximação usual em pesquisas que não são totalmente probabilísticas). As entrevistas foram distribuídas por todas as unidades da Federação, por meio de ligações para telefones fixos e móveis, com alocação proporcional à população de cada UF.