19/03/2019
O Senado e a Ordem Democrática
Manter a proximidade com os brasileiros é um dos desafios para esta legislatura

Aproximar-se da população ao longo do mandato deve ser uma meta para todos os senadores e para os servidores que os auxiliam. É importante conciliar a atenção dada às pautas nacionais com o cuidado das demandas locais, para evitar o distanciamento da população.

Dados da pesquisa O Senado Federal e a Ordem Democrática, realizada pelo DataSenado, demonstram essa necessidade. De acordo com o levantamento, 56% das pessoas conhecem pouco sobre o Senado Federal e 36% não conhecem nada. Além disso, 46% dos brasileiros declaram nunca procurar ativamente informações sobre os trabalhos da Casa.

 

 

 

É preciso um esforço redobrado na divulgação dos trabalhos parlamentares, portanto, para fazer as informações chegarem à população de forma continuada. Isso porque a memória política no Brasil ainda demora a se consolidar. Para exemplificar, praticamente um mês após as eleições, o DataSenado constatou que 67% dos brasileiros já não sabiam dizer ou não responderam o nome dos senadores eleitos em seus estados.

 

 

Outro exemplo, é o fato de que 37% das pessoas afirmam que nunca ou quase nunca ficam sabendo do que está sendo discutido no Senado. A informação sobre a pauta legislativa chega às vezes para 40% dos cidadãos e sempre ou quase sempre para 23%.

 

 

Também com o objetivo de aproximar o Senado do cidadão, é necessário simplificar o acesso aos dados relativos à instituição, com mais transparência. Dentre as pessoas que com alguma frequência buscam informações sobre a Casa, 39% disseram haver encontrado sempre ou quase sempre o que procuravam, 37% encontraram “às vezes”, e 24%, nunca ou quase nunca.

 

 

Televisão e internet são os principais meios de acesso a informações

Dentre os meios de comunicação para obter informações sobre o Senado, a televisão ainda é a mais utilizada pelos brasileiros, com 61% das menções, seguida das páginas de notícias na internet, citadas por 49%. O Facebook e jornais ou revistas impressas empatam em terceiro lugar, respectivamente com 20% e 19%.

 

 

Veículos de comunicação do Senado têm papel importante na divulgação dos trabalhos legislativos

Quase 7 em cada 10 brasileiros conhecem a TV Senado e 39% já ouviram sobre a Rádio Senado. O portal do Senado na internet é do conhecimento de 33%, enquanto os perfis da Casa nas redes sociais são conhecidos por 25%.

 

 

Veja abaixo o percentual de acesso a cada veículo do Senado nos últimos 6 meses, pelas pessoas que afirmaram ter conhecimento daquele veículo.

 

 

A pesquisa tem representatividade nacional e a amostra é 100% probabilística. Foram realizadas 2.400 entrevistas face a face em 131 municípios distribuídos nos 26 estados e no Distrito Federal. Os respondentes foram sorteados conforme técnica de amostragem aleatória estratificada em seis estágios. A coleta de dados ocorreu entre 28 de novembro de 2018 e 3 de janeiro de 2019, a margem de erro é de 2% e o nível de confiança é de 95%. Os valores percentuais foram arrendondados de maneira que, em alguns casos, a soma dos percentuais de gráficos e tabelas sejam diferentes de 100%, para mais ou para menos.