04/02/2013
Comercialização de refeições rápidas acompanhadas de brindes

No decorrer do mês de janeiro, o DataSenado e a Agência Senado realizaram enquete para conhecer a opinião dos internautas sobre a comercialização de refeição rápida acompanhada de brinquedos. O assunto é tratado no projeto de lei (PLS 144/2012) de autoria do senador Eduardo Amorim (PSC-SE). A proposta veda a promoção e a comercialização de refeições rápidas acompanhadas de brinde, brinquedo, objeto de apelo infantil ou bonificação.

No total, 15.988 internautas opinaram sobre o assunto. A maioria, 60,9%, se disse favorável à comercialização de refeições rápidas com objetos de apelo infantil. Por outro lado, 39,1% foram contra essa bonificação nas refeições rápidas, sendo favoráveis ao proposto no PLS 144/2012.

 

Período: 3/1/2013 a 31/1/2013
Número de votos: 15.988
Você é a favor ou contra a comercialização de brindes e objetos de apelo infantil em refeições rápidas? (PLS 144/2012)

Os resultados da enquete representam a opinião das pessoas que votaram, não sendo possível extrapolá-los para toda a população brasileira.