16/09/2021
Enquete: coronavírus
Maioria apoia medidas de segurança e proteção ao trabalhador durante pandemia

Enquete realizada pelo Instituto de Pesquisa DataSenado em agosto mostra que 70% dos participantes acreditam que as empresas devem distribuir máscaras PFF2 para seus trabalhadores a fim de garantir a segurança dos mesmos na volta ao trabalho presencial. Além disso, 68% dos respondentes afirmam ser favoráveis à testagem de funcionários com o objetivo diminuir o risco de contaminação por COVID-19 no ambiente de trabalho.

 

Entre os respondentes, 70% afirmam que o atual momento da pandemia permite a volta ao trabalho presencial desde que seja adotado um protocolo pré-estabelecido para garantir a proteção dos trabalhadores. Já 16% acreditam que o atual momento permite a volta ao trabalho presencial sem a necessidade de um protocolo de segurança e 12% acham que o atual momento não permite a volta ao trabalho presencial, mesmo com o estabelecimento de regras para a proteção dos trabalhadores.

 

Caso o projeto de lei seja aprovado, 44% acreditam que o ambiente de trabalho presencial vai ficar mais seguro. Por outro lado, 24% afirmam que ele vai permanecer igual e 8%, que vai ficar menos seguro.

 

A enquete contou com 292 participantes e ficou disponível no Portal do DataSenado de 2 a 31 de agosto de 2021.

 

 

Os resultados refletem a opinião dos que participaram da enquete no portal do Senado Federal. Os números não representam a opinião da totalidade da população brasileira. Os valores percentuais foram arredondados de maneira que a soma dos percentuais de alguns gráficos pode ser diferente de 100%, para mais ou para menos.