10/07/2020
Enquete: Coronavírus
Gratuidade de internet para ensino a distância de alunos de escolas públicas tem apoio de internautas

A maioria dos participantes (87%) da enquete realizada pelo DataSenado em junho concorda com a gratuidade de acesso à internet para alunos da rede pública de ensino, prevista pelo PL 2.775/2020. A medida visa apoiar esses alunos durante o período em que estiver em vigor o ensino a distância, implantado em razão do isolamento social que tem por objetivo conter a disseminação do coronavírus.

A proposta determina que as operadoras de serviços de telecomunicações que proveem conexões de acesso à internet em banda larga, fixa e móvel, não descontem da franquia contratada por esses estudantes ou por seus pais e responsáveis o volume de dados correspondente à utilização de aplicações de ensino a distância.

 

 

Nesse sentido, 80% dos respondentes consideram muito importante o acesso gratuito desses alunos ao ensino a distância. Outros 12% acham que é pouco importante e 5% afirmam que é nada importante.

 

 

Na hipótese de que a proposta seja aprovada, 71% dos participantes afirmam que o PL 2.775/2020 vai ajudar muito os estudantes de escola pública, enquanto 17% acham que vai ajudar pouco e outros 8% acham que não vai ajudar esses estudantes.

 

 

A enquete contou com 3.490 participantes e ficou disponível no Portal do DataSenado entre os dias 01 de junho e 01 de julho de 2020.

 

Os resultados refletem a opinião dos que participaram da enquete no portal do Senado Federal. Os números não representam a opinião da totalidade da população brasileira. Os valores percentuais foram arredondados de maneira que a soma dos percentuais de alguns gráficos pode ser diferente de 100%, para mais ou para menos.