04/07/2023

Maioria dos internautas acredita que a escola tem papel importante na promoção da saúde e na prevenção do uso de drogas

O Instituto DataSenado realizou enquete on-line para avaliar a opinião de internautas sobre o Projeto de Lei n° 2335, de 2022, que dispõe sobre a obrigatoriedade da inserção de advertência acerca dos malefícios do consumo de álcool, tabaco e outras drogas, em livros didáticos e paradidáticos distribuídos nas escolas públicas. 

Quase a totalidade dos respondentes (98%) acredita que a escola tem um importante papel na promoção da saúde e prevenção uso de drogas.

No mesmo sentido, nove a cada dez participantes (96%) concorda com a inclusão de mensagens de advertência sobre os malefícios do consumo de álcool, tabaco e outras drogas nos livros didáticos de escolas públicas, sendo que oito a cada dez concordam totalmente com esta proposta.

Em relação à percepção de eficácia dessa metida, oito a cada dez respondentes (81%) acreditam que a inclusão dessas mensagens nos livros didáticos poderá contribuir positivamente para a prevenção do uso de drogas entre os jovens, enquanto menos de um a cada dez respondentes (8%) acredita que a medida não será eficaz.

Quando questionados se gostariam de ver outros tipos de mensagens de conscientização em livros didáticos como, por exemplo, sobre bullying e saúde mental, a ampla maioria dos participantes (83%) se mostrou favorável e apenas uma minoria (9%) se mostrou contrária.

Ao se avaliar se essas medidas deveriam ser estendidas às escolas privadas, nove a cada dez participantes (91%) disseram que as medidas deveriam também abranger os livros didáticos de escolas privadas.

Por fim, a grande maioria (84%) dos respondentes não acredita que essas medidas possam ferir a liberdade de expressão dos autores dos livros didáticos.

Pouco mais da metade dos participantes (52%) possui filhos. Destes que possuem filhos, a maioria (61%) informou que seus filhos frequentam ou frequentaram escolas particulares na maior parte do tempo, enquanto os demais (39%) informaram que os filhos estudam ou estudaram em escolas públicas.

A enquete contou com 64 participantes e ficou disponível no Portal do DataSenado de 1° de junho a 1° de julho  de 2023.

 

Os resultados refletem a opinião dos internautas que participaram da enquete no portal do Senado Federal. Os números não representam a opinião da totalidade da população brasileira. Os valores percentuais foram arredondados de maneira que a soma dos percentuais de alguns gráficos pode ser diferente de 100%, para mais ou para menos.