Ferramentas Pessoais
Acessar

Equipe

 

Diretor-Executivo

Felipe Scudeler Salto

Economista pela FGV/EESP e Mestre em Administração Pública e Governo também pela FGV-SP. Foi consultor econômico, com foco em macroeconomia, contas públicas e contas externas, na Tendências Consultoria, do ex-Ministro Mailson da Nóbrega (2008-2014). Entre 2015 e 2016, trabalhou na assessoria do Senador José Serra, atuando com assuntos econômicos e fiscais. Ministrou aulas nos cursos de pós-graduação lato sensu da FGV/EESP, na área de macroeconomia e macroeconomia brasileira. Publica artigos na Folha de S. Paulo, no Valor Econômico e n’O Estado de S. Paulo. Em 2016, organizou o livro “Finanças públicas: da contabilidade criativa ao resgate da credibilidade”, pela Editora Record, com Mansueto Almeida. Em novembro de 2016, foi indicado, sabatinado e aprovado em comissão e no plenário do Senado Federal para exercer mandato de seis anos como Diretor-Executivo da recém-criada IFI – Instituição Fiscal Independente. Em novembro de 2017, recebeu o Prêmio Jabuti, ao obter a primeira colocação na categoria de Economia, com o livro supracitado.

 

Diretores

Daniel Veloso Couri

Economista pela Universidade de Brasília (UnB), pós-graduado em orçamento público pelo Instituto Serzedello Corrêa (ISC/TCU) e mestre em economia do setor público pela UnB. É servidor público desde maio de 2006. Até 2008, foi analista de planejamento e orçamento do Ministério do Planejamento. De 2008 a 2014, foi auditor federal de controle externo do Tribunal de Contas da União (TCU), atuando na área de macroavaliação governamental. Foi tutor de diversos cursos na área de finanças públicas para o TCU e para a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam). Desde 2014, é consultor do Senado Federal, tendo coordenado por dois anos a área de receita e macroeconomia da consultoria de orçamentos. Atualmente, está cedido pela consultoria à IFI.

Josué Alfredo Pellegrini

Doutor em economia pela Universidade de São Paulo (USP). É também bacharel em Direito. Foi professor em instituições de ensino superior, como a USP, pesquisador da Fundap do Estado de São Paulo, na área de sistema financeiro, e Gestor de Políticas Públicas no Ministério da Fazenda, onde trabalhou com assuntos internacionais. Na atividade acadêmica e de pesquisador, realizou trabalhos e produziu artigos sobre sistema financeiro, economia brasileira, finanças públicas e economia internacional. Recebeu o Prêmio Brasil de Economia do Conselho Federal de Economia (1996) e o XI, XXI e XXII Prêmios do Tesouro Nacional (2006, 2016 e 2017). Escreveu também livro de Macroeconomia. Na Câmara dos Deputados, foi assessor econômico de liderança partidária. Na Consultoria Legislativa do Senado Federal, produziu textos para discussão relativos à autonomia do Banco Central, reforma tributária, divida estadual e do governo federal. Foi também coordenador do Núcleo de Economia da Consultoria Legislativa.

 

Analistas

Alessandro Ribeiro de Carvalho Casalecchi

Doutor em economia pela FGV/EESP e mestre em economia pela USP, com foco em métodos econométricos (econometria teórica e aplicada). Recebeu menção honrosa no XXIV Prêmio do Tesouro Nacional (2019) por coautoria de estudo que simulou as despesas previdenciárias do RPPS da União. Publicou artigo sobre transparência licitatória de municípios paulistas na revista acadêmica Cadernos de Gestão Pública e Cidadania, da FGV. Também possui experiência em pesquisas sobre o mercado de trabalho e sobre propriedades econométricas de técnicas de avaliação de políticas públicas, entre outros temas.

Alexandre Augusto Seijas de Andrade

Economista, com graduação e mestrado pela FEA-USP. Foi professor do curso de Economia da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (Fecap), professor de cursos de MBA e de extensão da Fipe, onde também atuou como pesquisador entre 1998 e 2005. Foi economista-sênior da Tendências Consultoria Integrada entre 2007 e 2011, acompanhando temas de atividade econômica, além de ter participado de trabalhos envolvendo projetos e pareceres. Atuou também como economista-coordenador da Votorantim Corretora entre 2011 e 2013, responsável pela elaboração de cenários macroeconômicos e setoriais, atendendo aos públicos interno e externo da corretora. Foi economista-chefe da empresa de consultoria GO Associados entre 2013 e 2016, responsável, entre outros, pela implantação de uma área de pesquisa macroeconômica. No Senado Federal, foi assessor da Senadora Lúcia Vânia entre 2016 e 2018, responsável pelo acompanhamento da tramitação e do conteúdo de projetos de lei nas comissões temáticas e no plenário da Casa, além de atuar diretamente na elaboração de relatórios legislativos para a parlamentar.

Luiza Muniz Navarro Mesquita

Formada em economia pela Universidade Católica de Brasília, foi estagiária da IFI ao longo de 2019.

Rafael da Rocha Mendonça Bacciotti

Mestre e bacharel em economia pela FGV/EESP. Foi analista da Tendências Consultoria, responsável pela análise e projeções dos indicadores de atividade econômica e mercado de trabalho, tendo atuado também na elaboração de projetos com a aplicação de modelos econométricos (2009-2017). Tem artigos publicados nos principais jornais: Folha de S. Paulo, Valor Econômico e O Estado de S. Paulo.

Assistente de Pesquisa

Pedro Henrique Oliveira de Souza

Graduando em Economia na Universidade de Brasília (UnB), é estagiário sob supervisão dos economistas da IFI. Recebeu menção honrosa no XXIV Prêmio do Tesouro Nacional (2019) por coautoria de estudo que simulou as despesas previdenciárias do RPPS da União.

Secretária e assistente administrativa

Thuane Vieira Rocha

Licenciada em Letras Português/ Inglês (Unieuro), possui um MBA em Gestão de Recursos Humanos (UNIP). Cursa créditos no mestrado em Psicologia Organizacional e do Trabalho na Universidade de Brasília (UnB).