e-Cidadania
Ferramentas Pessoais
Acessar
Ideia Legislativa
Educação humanitária - Para uma sociedade justa e pacífica.
A humanidade encontra-se num dilema social, econômico, cultural, ambiental e principalmente humano, vivemos tempos em que a violência e o desrespeito para com nossos próximos chega ao absurdo, atingindo todo o globo. A educação humanitária é um conjunto de ferramentas e conhecimentos que abordam tópicos como direitos dos animais, direitos humanos, meio ambiente, mídia e cultura de um forma interligada. A Educação Humanitária tem como objetivo incentivar as pessoas a terem compaixão, respeito e empatia pelo ser humano, pelos animais e pelo meio ambiente. Enfatizando a inter-relação de todos os seres vivos do planeta, mostra como são importantes as escolhas e as atitudes de cada pessoa para ajudar a solucionar os desafios que o mundo vem enfrentando (Priscila Fernandes, 2009).
"E se todos nós tivéssemos a paixão e o conhecimento necessário para resolver os maiores desafios de nossa época e, por meio de nossas escolhas diárias, nosso trabalho e atos de cidadania, decidíssemos escolher o que causa o maior bem e o menor dano a nós mesmos, a outras pessoas, aos animais e à Terra? Imagine que mundo poderíamos criar!” (Zoe Weil, presidente do Institute for Humane Education). A educação humanitária desperta em nós o respeito pela vida, com uma crítica mais profunda sobre as consequências de nossas ações e consumo no planeta, questionamento de grande importância para a formação de um ser humano pacífico e justo. É uma metodologia que ensina crianças,jovens e adultos (sensibilização) a serem pensadores críticos e criativos, inspirando respeito e empoderando-os a tomarem decisões conscientes (Instituto de Educação Humanitária). Para a implementação da Educação Humanitária nas escolas pode-se elaborar materiais de apoio para os professores e elaborar uma cartilha de atuação direta com as crianças e adolescentes. O trabalho pode ser estendido para presídios, onde os educadores podem trabalhar a sensibilização dos presos, afim de, reabilitá-los para o convívio em sociedade. A Educação Humanitária pode ser a forma de interromper o ciclo de violência, o que pode ser mais efetivo a longo prazo que a utilização de legislação. Kellert e Felthous, nos Estados Unidos, em 1985, realizaram um estudo sobre crueldade com animais, intitulado “Violência contra Animais e Pessoas: a agressão contra seres vivos é generalizada?” e descobriram que a crueldade com animais durante a infância ocorria num grau significativamente maior entre os criminosos agressivos que entre os criminosos não agressivos ou não criminosos, e que a violência doméstica era significativamente mais comum entre os criminosos agressivos com um historial de crueldade com animais durante a infância (Adriano Saran, 2009). Sendo assim, a Educação Humanitária é um passo importante para o futuro.
29 apoios
20.000

Compartilhe

Data limite para receber 20.000 apoios
24/08/2016
Ideia proposta por
ISABEL ARAUJO ROCHA - ES

Confirma?