Mulheres, raça e partidos no Brasil: análise da sub-representação das candidaturas identitárias nas eleições 2018

Camila de Vasconcelos Tabares

Bruno da Silva Conceição

Rodolfo Silva Marques

Resumo

O presente trabalho procura examinar a sub-representação política de candidatos com os vieses de raça e gênero nas eleições parlamentares e majoritárias de 2018 no Brasil. Há décadas predominam candidatos brancos e homens no poder. A pesquisa busca respostas para duas grandes interrogações: em que medida as minorias identitárias encontraram espaço em candidaturas e entre os eleitos nas eleições de 2018? Sob que condições minorias identitárias podem tornar-se mais bem representadas e o que impede o aumento dessa representação nas instituições políticas? Para avaliar os entraves de representatividade de gênero e de raça nos postos de poder e a capacidade das minorias de consolidar sua representação política, dialoga-se com a literatura sobre representação e com os dados socioeconômicos e eleitorais disponíveis no Tribunal Superior Eleitoral e no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Os resultados mostram que mulheres e negros continuam ocupando menos postos de poder.

Palavras-chave

Representação. Raça. Gênero. Partidos. Eleições 2018.

Título, resumo e palavras-chave em inglês

Women, race and parties in Brazil: analysis of the underrepresentation of identity candidates in the 2018 elections

This paper seeks to examine the political underrepresentation of candidates with race and gender bias in the parliamentary and majority elections in Brazil in 2018. Over the decades, there has been a predominance of white candidates and men in power. The research seeks answers about two major questions: to what extent did minority identities find space in candidates and in the positions elected in the 2018 elections? Under what conditions can minority identities become better represented and what prevents this representation from increasing in political institutions? The objective is to analyze the ability of minorities to consolidate their political representation. Dialogues with the literature on representation to identify barriers to gender and race representativeness in power posts. To this end, socioeconomic and electoral data available at Tribunal Superior Eleitoral and Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística are collected. The results show that women and blacks continue to occupy less positions of power.

Representation. Racial. Gender. Parties. 2018 elections.

Como citar este artigo

(ABNT)
TABARES, Camila de Vasconcelos; CONCEIÇÃO, Bruno da Silva; MARQUES, Rodolfo Silva. Mulheres, raça e partidos no Brasil: análise da sub-representação das candidaturas identitárias nas eleições 2018. Revista de Informação Legislativa: RIL, Brasília, DF, v. 58, n. 229, p. 57-77, jan./mar. 2021. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/ril/edicoes/58/229/ril_v58_n229_p57

(APA)
Tabares, C. de V., Conceição, B. da S., & Marques, R. S. (2021). Mulheres, raça e partidos no Brasil: análise da sub-representação das candidaturas identitárias nas eleições 2018. Revista de Informação Legislativa: RIL, 58(229), 57-77. Recuperado de https://www12.senado.leg.br/ril/edicoes/58/229/ril_v58_n229_p57

registrado em: