A sociedade em rede e o Estado democrático na modernidade líquida

Elias Jacob de Menezes Neto

Resumo

Este artigo analisa as alterações no Estado decorrentes da modernidade líquida e da sociedade em rede. É necessário discutir o contexto estrutural da democracia constitucional, uma vez que mudanças na percepção do mundo modificam as relações entre os indivíduos e destes últimos com o Estado. Parte-se das premissas teóricas de Zygmunt Bauman, Manuel Castells e Saskia Sassen para chegar à conclusão de que a estrutura rígida do Estado é incompatível com o movimento contínuo dos fluxos de dados mundiais. A metodologia tem objetivo exploratório, já que desenvolve e esclarece ideias, e natureza de pesquisa básica, ao discutir o problema de modo analítico e criar uma base para sua teorização. Como procedimento técnico, o trabalho utiliza a pesquisa bibliográfica.

Palavras-chave

Estado. Democracia constitucional. Modernidade líquida. Vigilância.

Título, resumo e palavras-chave em inglês

The network society and the democratic existence of state on modern liquidity

This paper analyzes relevant changes to the state existence derived both from liquid modernity as the network society. The fluidity of the modern world changes the perception of the world and modifies interactions between individuals and, in this case, between them and the state. Then here it underlines the need to discuss the structural context of constitutional democracy. Based on the work of Zygmunt Bauman, Manuel Castells and Saskia Sassen, we argue that a rigid state structure is incompatible with continuous movement of the world’s data flows. The adopted methodology was basic research, since it discusses the problem in an analytical method creating an exploratory validity for its theoretical. It is also an exploratory research since it tries to develop and clarify key ideas by using bibliographic research.

State. Constitutional democracy. Liquidity modernity. Surveillance.

Como citar este artigo

(ABNT)
MENEZES NETO, Elias Jacob de. A sociedade em rede e o Estado democrático na modernidade líquida. Revista de Informação Legislativa: RIL, Brasília, DF, v. 57, n. 228, p. 149-164, out./dez. 2020. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/ril/edicoes/57/228/ril_v57_n228_p149

(APA)
Menezes, E. J. de, Neto (2020). A sociedade em rede e o Estado democrático na modernidade líquida. Revista de Informação Legislativa: RIL, 57(228), 149-164. Recuperado de https://www12.senado.leg.br/ril/edicoes/57/228/ril_v57_n228_p149

registrado em: