Ferramentas Pessoais
Acessar

Da opinião à cooperação: uma reflexão sobre a participação do cidadão na democracia digital

Valéria Castanho

Resumo

O presente artigo discute a importância da participação política do cidadão para a concretização da democracia digital, apontando algumas barreiras e desafios para incrementá-la tanto em quantidade como em qualidade. Afirma que os indivíduos precisam ser estimulados a participar da política, mas para isso necessitam sentir que são ouvidos e atendidos pelo Estado. Define e contextualiza as duas teorias tradicionais de participação: a participativa e a deliberativa, com suas convergências e divergências, e aponta a atual tendência de participação direta por meio da inteligência coletiva colaborativa, mais atrativa para os cidadãos que demandam contribuir mais ativamente para os negócios políticos. Conclui que, embora palpável, esse tipo de iniciativa, denominada crowdlaw, ainda está no início e, para que se torne uma realidade mais concreta, é preciso romper as barreiras de dominação presentes historicamente no relacionamento hegemônico entre representantes e representados.

Palavras-chave

Democracia digital. Participação política. Transparência. Crowdsourcing. Crowdlaw.

Título, resumo e palavras-chave em inglês

From opinion to cooperation: a reflection on participation in digital democracy

This article discusses the importance of citizen’s political participation for the materialization of digital democracy, pointing out some barriers and challenges to increase participation both in quantity and in quality. It states that individuals need to be encouraged to participate in politics, but to do so, they need to feel that they are heard and served by the State. It defines and contextualizes the two traditional theories of participation: the participatory and the deliberative, with their convergences and divergences, and points to a new more participatory and direct trend through the collaborative collective intelligence, which has been showing itself more attractive for those citizens that advocate contribute more directly to political affairs. It concludes that, although palpable, this type of more direct initiative called is still at the beginning, and in order for becoming a more concrete reality it is necessary to break the hegemonic domination barriers that historically exist in the relationship between representatives and the representeds.

Digital democracy. Political participation. Transparency. Crowdsourcing. Crowdlaw.

Como citar este artigo

(ABNT)
CASTANHO, Valéria. Da opinião à cooperação: uma reflexão sobre a participação do cidadão na democracia digital. Revista de Informação Legislativa: RIL, Brasília, DF, v. 57, n. 227, p. 193-210, jul./set. 2020. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/ril/edicoes/57/227/ril_v57_n227_p193

(APA)
Castanho, V. (2020). Da opinião à cooperação: uma reflexão sobre a participação do cidadão na democracia digital. Revista de Informação Legislativa: RIL, 57(227), 193-210. Recuperado de https://www12.senado.leg.br/ril/edicoes/57/227/ril_v57_n227_p193

registrado em: