e-Cidadania
Ferramentas Pessoais
Acessar
Ideia Legislativa
Retirar a Segurança Pública do Poder Executivo e subordina-lá ao Ministério Público que é o Fiscal da Lei.
Olá amados bom dia. Sou Tenente Coronel da Polícia Militar no Maranhão. já estou com 51 anos de idade e 29 anos de serviço. Um apaixonado por Segurança Pública de uma forma geral. Temos vários cursos de análise criminal, bem como tês Pós-Graduações, sendo a última em Gestão e Governança em Tecnologia da Informação. Aplico todos os ensinamentos em minha profissão quando assim tenho uma oportunidade, visto que a quebra de paradigmas é bastante forte, além da cultura organizacional. Gostaria de fazer a seguinte pergunta: Quem não quer um Messi, Cristiano Ronaldo ou Neymar em seu time? Acho que todos, certo? Concluímos, então que se você for bom no que faz todos querem você no time e não precisa ficar bajulando A ou B para ter aquele cargo de "CONFIANÇA" em sua gestão. Ainda não entenderam? Então vou explicar. Senão vejamos. Entramos na PM há 29 anos aqui em São Luís, capital, quando acontecia um homicídio era um Deus nos acuda e hoje como em todo pais estes números se transformaram em uma guerra civil. Rapidamente podemos chegar a uma pequena conclusão que a Segurança Pública está falida, não posso mais realizar Segurança Pública hoje sem Tecnologia de Informação.
Em nossa visão que já passamos 25 anos em tropa operacional e agora estamos como Chefe do Centro de Informática e Sistemas na PMMA podemos chegar a uma conclusão que devemos desvincular a Segurança Pública do Poder Executivo e deixa-lá com o Ministério Público que é o Fiscal da Lei. Neste mister afirmamos que há muito tempo o Poder Executivo usa de forma abusiva as Forças Policias Estaduais para atingirem seus objetivos políticos como um todo. Sei que pode ser muito forte e tenho ciência do que estou falando, pois sabemos que os Governantes ficam no poder por 4 ou 8 anos, isto se forem reeleitos e nós ficamos 30 a 35 anos com este compromisso. Vale também lembrar que quando os policias praticam qualquer excesso no desempenho de suas atividades ião ser recepcionados pelo Judiciário (Capa Preta) onde a atuação do Ministério Público é rigorosa, enquanto o Poder Excecutivo não se envolve, pois a sua responsabilidade é realizar concursos público e escolher as pessoas de "confiança" para exercerem determinados cargos e, se não obedecem as ordem políticas são imediatamente exonerados da função, tudo de forma rápida e descartável, entenderam. Sabemos que a preocupação durante um mandato de determinado político com a Segurança Pública é somente durante a sua gestão e com isto ficamos enxugando gelo pois não é PERENE a visão, além de utilizarem em seu favor e contra os seus opositores de uma forma geral a força policial que está em seu comando. Precisamos urgentemente de realizar esta mudança, pois a cada ano verificamos o aumento na criminalidade. Sabemos que a função de qualquer polícia no mundo é CONTROLAR E REDUZIR A CRIMINALIDADE, e não podemos realizar segurança hoje sem tecnologia, pois o meliante quer três coisa para cometer o delito: 'OPORTUNIDADE, BAIXO RISCO E ALTO LUCRO", sendo que se apenas reduzirmos as OPORTUNIDADE, já teremos um grande avanço nesta área, pois devemos transformar DADOS em CONHECIMENTOS e disseminar estes conhecimentos.
1 apoios
20.000

Compartilhe

Data limite para receber 20.000 apoios
14/02/2017
Ideia proposta por
SAMUEL CASTELO BRANCO JUNIOR - MA

Confirma?