Ideia Legislativa
Punir agente público ou privado que obrigar o cidadão a ser vacinado contra sua vontade.
A proposta é responsabilizar civil, penal e administrativamente o agente público ou privado que forçar a inoculação com vacinas não não eficazes o cidadão que não se sente seguro com as vacinas de mRNA mensageiro usados nas vacinas da Pfizer, Jassen e Astrazeneca
Diante da nova cepa Omicron que surgiu na África do Sul, e que está sendo transmitida a pessoas que encontram-se com ciclo de vacinação completo,que comprova que as vacinas não apresentam eficácia e que estão trazendo falsa sensação de segurança entre as pessoas que optaram por se vacinarem, que os agentes públicos estão obrigando as pessoas a se vacinarem mesmo diante da ineficácia das vacinas.
20.102 apoios
20.000
  Na comissão

Essa ideia recebeu mais de 20.000 apoios e foi transformada na SUGESTÃO nº 4 de 2022, que está em consulta pública e em tramitação na CDH.

Compartilhe

Data limite para receber 20.000 apoios
02/04/2022
Ideia proposta por
PAULO R. G. BRASIL - PE

Confirma?