Ideia Legislativa
Mesada para a esposa que trabalha no lar o dia inteiro para manter suas despesas pessoais
Será um novo regime de casamento, optativo para os casais, que funcionará assim: 10% do salário do marido será da esposa que trabalha no lar o dia inteiro PARA SEU USO PESSOAL, fazendo que a esposa colabore mais com o marido pois quanto mais ele ganhar, maior será os 10% da esposa (dízimo conjugal).
Será um novo regime de casamento igual o regime de comunhão de bens, optativo para os casais (SIM ou NÃO) em que 10% do salário do marido será da esposa que for dona de casa em tempo integral PARA SEU USO PESSOAL. A empresa só precisará saber, pela certidão de casamento, se o casal adotou o novo regime e se a esposa está desempregada para depositar os 10% (dízimo conjugal) na conta dela todo mês.
141 apoios
20.000

Compartilhe

Data limite para receber 20.000 apoios
21/01/2021
Ideia proposta por
ABENCOADA DE JESUS - ES

Confirma?