Ferramentas Pessoais
Acessar

Nota de solidariedade

10/07/2018 15:05

A Procuradoria Especial da Mulher do Senado manifesta integral solidariedade a Débora Diniz, estudiosa e pesquisadora da Anis – Instituto de Bioética, alvo de ameaças recebidas por meio de mídias sociais por parte de grupos contrários à descriminalização do aborto.

Antropóloga e professora da Universidade de Brasília (UnB), Débora Diniz percorre longo caminho em defesa dos direitos humanos e da saúde. Atuou como pesquisadora visitante em diversos países, entre eles Inglaterra, Estados Unidos, Canadá, Japão e França.

A professora orientou pesquisas relevantes para o Brasil, como o estudo “Zica Vírus: do sertão nordestino à ameaça global” e a Pesquisa Nacional de Aborto (PNA).

As inaceitáveis ameaças dirigidas a Débora são comuns às feministas e aos movimentos que defendem a autonomia e os direitos das mulheres em relação ao seu corpo e saúde física e mental que lhes garantam, de forma segura, intervenções julgadas necessárias.

Ameaça alguma freia a luta das mulheres. A cada dia mais brasileiras irmanam-se para repudiar quaisquer práticas de violência e intolerância, que não condizem com o exercício da democracia em nosso país.

A atitude corajosa e preventiva de Débora, ao registrar queixa na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher do Distrito Federal (DEAM), merece total apoio da Procuradoria Especial da Mulher do Senado.

Estaremos atentas e acompanharemos os desdobramentos dos fatos junto às autoridades policiais e judiciais para identificar e punir os responsáveis pelas agressões e ameaças dirigidas a esta cidadã, cujos méritos de uma trajetória de luta em defesa dos direitos das mulheres são motivo de orgulho e reconhecimento de forma indistinta em nossa sociedade.

Acesse a nota aqui