Ferramentas Pessoais
Acessar

Laço Branco: homens poderão expor apoio no combate à violência contra mulher

02/12/2019 17:55

A partir desta sexta-feira (6), data em que se comemora o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres, os servidores e colaboradores do Senado poderão expor seu apoio à causa na campanha Laço Branco movimento que convida os homens a participarem da ação Eu digo não à violência contra as mulheres por meio de fotografias tiradas com plaquinhas que trazem frases diversas sobre o tema. A campanha é organizada pela Diretoria-Geral, com apoio do Comitê Permanente pela Promoção da Igualdade de Gênero e Raça do Senado Federal, e visa sensibilizar o público masculino sobre a importância do fim da violência contra a mulher.

O diretor executivo de gestão, Márcio Tancredi, afirmou que o Senado adere à campanha Laço Branco entendendo ser esse um movimento internacional criado no Canadá para dar oportunidade aos homens de se manifestarem contra os abusos cometidos contra o público feminino.

— É importante que nós homens que repudiamos esse tipo de atitude tenhamos a coragem de nos manifestar acerca da nossa opinião. Essa é a importância da campanha, de que os colegas também venham aderir a essa iniciativa, deixando claro que não há espaço, entre nós, para violência contra mulher — defende.

Para o senador Paulo Paim (PT-RS), que já aderiu às fotografias, o movimento que o Senado está fazendo contra a violência às mulheres é algo que, além de despertar paixão por uma grande causa, politiza e educa a sociedade. Dada a importância do tema, Paim anunciou que vai trabalhar numa frente ampla especialmente formada por homens em favor da causa.

— É uma campanha belíssima, que emociona a todos. Porque qualquer homem decente, a não ser que seja totalmente indecente e covarde, nunca vai agredir uma mulher, seja ela quem for. É uma covardia nunca vista. Por isso, eu tenho orgulho de dizer que eu faço parte dessa grande frente ampla que vocês [mulheres] fazem. Fala-se tanto em frente ampla que agora eu vou lançar a frente ampla dos homens contra a violência às mulheres, inspirado no trabalho de vocês — destacou Paim.

Como participar

Os interessados deverão entrar em contato com a equipe do Comitê Permanente pela Promoção da Igualdade de Gênero e Raça do Senado entre os dias 2 e 5 de dezembro pelos ramais 1891, 1892 ou 4071 e agendar seu horário. As fotos serão produzidas no local e horários definidos pelos inscritos. A equipe dispõe de plaquinhas com frases já prontas que podem ser escolhidas pelos participantes, ou se preferirem, podem criar suas próprias mensagens.

Veja as frases disponíveis:

Eu digo não à violência contra as mulheres

Combater a violência é sim ‘coisa de homem’

Tod@s pelo fim da violência contra a mulher

Homens pelo fim da violência contra mulheres

Eles e elas. Junt@s seremos mais fortes

Quem bate na mulher machuca a família inteira.

Violência contra mulher: vamos quebrar este ciclo.

Na violência contra a mulher, a gente mete a colher.

Laço Branco

O Laço Branco é uma campanha internacionalmente conhecida que existe há 24 anos no Canadá depois que o jovem Marc Lepine, de 25 anos, entrou armado numa escola de Montreal e atirou contra 14 mulheres sob alegação de que odiava feministas. Marc suicidou-se logo em seguida e deixou uma carta com uma lista de 19 feministas que ele pretendia matar. Desde então, homens canadenses lançaram a campanha para mostrar ao mundo que, apesar de existirem aqueles que agridem mulheres, há também os que repudiam e não se calam diante da violência.

Laço Branco: homens poderão expor apoio no combate à violência contra mulher