Ferramentas Pessoais
Acessar

Dia Mundial de Combate ao Câncer é marcado com Laço Rosa Humano

03/02/2016 17:40

 

Parlamentares, voluntárias(os), servidoras(es) e autoridades vestiram-se de rosa e formaram um laço humano na manhã desta quarta-feira, 3/2, no gramado em frente ao Congresso Nacional.

A ação marcou o Dia Mundial de Combate ao Câncer, celebrado em 4 de fevereiro. O evento foi uma iniciativa da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de apoio à Saúde da Mama (Femama) e da ONG Recomeçar – Associação de Mulheres Mastectomizadas de Brasília, em parceria com a Procuradoria Especial da Mulher do Senado (ProMul),  a Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados e a Frente Parlamentar de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer da Câmara dos Deputados.

“Os últimos dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) mostram que o câncer, no Brasil, se constitui na segunda causa de morte”, destacou Edelvais Jeker, que atualmente submete-se a tratamento de quimioterapia e é mãe da presidente da ONG Recomeçar, Joana Jeker. Edelvais também lembrou a situação da população carente e das mulheres mais jovens, que precisam do Sistema Único de Saúde, “quanto mais cedo o câncer for detectado, maior as chances de ser curado. Essa é uma estratégia fundamental na luta contra o câncer e no nosso sistema de saúde o exame que detecta a doença do câncer de mama é a mamografia que só é feita em mulheres com 40 anos ou mais, deixando as mulheres jovens de lado”.

Marcaram presença na ação do Laço Rosa Humano as deputadas Carmen Zanotto (PPS-SC), Raquel Muniz (PSC-MG), Leandre Dal Ponte (PV-PR), Maria do Rosário (PT-RS), Maria Helena (PSB-RR), Rosângela Gomes (PRB-RJ), Moema Gramacho (PT-BA), Dâmina Pereira (PMB-MG), Laura Carneiro (PFL-RJ); o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS) e a representante do Escritório da ONU Mulheres no Brasil, Eunice Borges.

 

Escreva como nós podemos ou eu posso combater o câncer

A Femama também aderiu e trouxe ao Congresso Nacional a campanha “Nós podemos. Eu posso”, liderada pela União Internacional para Combate ao Câncer (UICC), da qual a Federação faz parte. A campanha visa mostrar que todos, juntos ou individualmente, podem fazer a sua parte para combater a doença. Um painel colaborativo convidando deputados, senadores, assessores, servidores e visitantes a escreverem sobre o tema estará disponível no Salão Azul do Senado Federal, ao lado do aquário da imprensa, nos dias 3 e 4 de fevereiro.

 

Confira a seguir alguns recados do Painel:

“Melhorar os mecanismo e as leis que garantem às mulheres, na sua diversidade, o acesso aos serviços que garantem seus direitos, tal como acesso as políticas públicas. Garantir os direitos das mulheres na sua plenitude contribuirá para esta e demais causas para os movimentos das mulheres, a ONU mulheres, e a diversos parceiros garantir a equidade até 2030 é um objetivo global.” Eunice Borges, representante do Escritório da ONU Mulheres no Brasil.

“Pela garantia dos exames em até 30 dias para os casos suspeitos de câncer (PL 275/15).” Dep. Carmen Zanotto (PPS-SC)

“Temos que melhorar a saúde pública, ter um tratamento especial para pessoas com câncer. Que o nosso país possa ter aparelhos necessários para ajudar.” Dep. Dâmina Pereira (PMB-MG)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Veja mais fotos: https://www.flickr.com/photos/125712044@N04/albums/72157663564266309/with/24498200020/