Congresso Nacional se veste de rosa pela prevenção do câncer de mama

01/10/2015 15:11

Os refletores foram iluminados na rampa do Congresso na noite desta quarta-feira, 30/9, quando senadoras e deputadas saudaram o início da campanha no Distrito Federal, ao som de parte da orquestra da Escola de Música de Brasília, coordenada pelo maestro Airton Prisco.

O movimento conta com cartaz, folder educativo e banners e é organizado por grupo de trabalho formado por 25 entidades parceiras, que elaboraram calendário de atividades dirigidas à comunidade, especialmente às mulheres, com o alerta em favor da detecção precoce da doença. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), 57 mil pessoas no Brasil receberão o diagnóstico em 2015.

Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) disse que a luta contra o câncer de mama é uma luta contra o relógio. “Quanto mais tarde a paciente iniciar seu tratamento, menos chances de vida ela terá”, afirmou a procuradora Especial da Mulher, ao lado de, Márcia Rollenberg, que destacou ser o diagnóstico precoce ainda a melhor arma contra a doença “Só é possível alcançá-lo por meio de duas frentes básicas: atendimento médico de qualidade e conscientização”, alertou a primeira dama do Distrito Federal que no ato representou o governador Rodrigo Rollenberg.

Estavam presentes e usaram da palavra Ilana Trombka, diretora-geral do Senado, Elcione Barbalho (PMDB-PA), procuradora da Mulher da Câmara dos Deputados e Carmen Zanotto (PPS-SC), presidente da Frente Parlamentar de Combate ao Câncer de Mama.

A bancada feminina do Congresso atuou de forma unida, com o compromisso de levar a campanha a todos os estados. Compareceram as senadoras Ângela Portela (PT-RR), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Marta Suplicy (PMDB-SP), Regina Sousa (PT-PI), Rose de Freitas (PMDB-ES), Sandra Braga (PMDB-AM), Simone Tebet (PMDB-MS) e as deputadas Jô Moraes (PCdoB-MG), Alice Portugal (PCdoB-BA), Benedita da Silva (PT-RJ), Flávia Moraes (PDT-GO), Marinha Raupp (PMDB-RO), Josi Nunes (PMDB-TO), Iracema Portela (PP-PI), Maria do Rosário (PT-RS), Conceição Sampaio (PP-AM), Dulce Miranda (PMDB-TO), Cristiane Brasil (PTB-RJ), Moema Gramacho (PT-BA), assim como o senador Omar Aziz (PSD-AM), a ONU Mulheres a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, a Secretaria de Mulheres, Direitos Humanos e Igualdade Racial do GDF, e a União Brasileira de Mulheres, a Femama, a Recomeçar, entidade de mulheres Mastectomizadas de Brasília, entre dezenas de entidades de mulheres vindas de várias regiões do Distrito Federal.

Confira o calendário da campanha em: http://www12.senado.gov.br/institucional/procuradoria/comum/congresso-promove-lancamento-da-campanha-outubro-rosa-contra-o-cancer-de-mama