Comissão geral da Câmara dos Deputados discute a presença da mulher negra na sociedade brasileira

17/11/2015 17:27

Abrindo as atividades da semana da consciência negra no Brasil e saudando a Marcha das Mulheres Negras, que acontecerá amanhã, a Câmara dos Deputados realizou na tarde desta terça-feira, 17/11, comissão geral com a presença de parlamentares e entidades de mulheres negras no Brasil.

Representando as entidades estavam o Movimento Negro Unificado (MNU), Unegro, Fórum Nacional de Mulheres Negras, Articulação de Organizações de Mulheres Negras, ONU Mulher no Brasil e ONU Mulheres para a América Latina e Caribe. Dentre as parlamentares marcaram presença as deputadas Dâmina Pereira (PMN-MG), Moema Gramacho (PT-BA), Maria do Rosário (PT-RS), Alice Portugal (PCdoB-BA), Conceição Sampaio (PP-AM), Jandira Feghali (PCdoB-RJ); e as senadoras Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Regina Sousa (PT-PI).

A coordenadora da bancada feminina da Câmara dos Deputados, deputada Dâmina, fez a abertura da comissão destacando o trabalho contra a violência de mulheres “o trabalho da bancada feminina é combater a violência contra as mulheres, garantir o acesso à política, à saúde, à moradia e promover discussões que mudem a cultura, por meio da educação.”

A deputada falou também sobre a situação da mulher negra no Brasil, “há um racismo institucional entranhado nas nossas organizações públicas e privadas. Só a presença e o empoderamento da mulher e do movimento negro serão capazes de combatê-lo. Por isso a importância da Marcha das Mulheres Negras, por isso a importância da luta da mulher negra”

Os últimos dados do Mapa da Violência que demonstraram um aumento de 53% no número de mulheres negras assassinadas de 2003 a 2013 foram destaque no discurso da ministra das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Nilma Lino Gomes, “é de importância crucial destacar que, simbolicamente, nós precisamos não só de mais mulheres na política, mas também de mais mulheres negras na política. Nós precisamos de mais negros na política de um modo geral, do ponto de vista simbólico, do ponto de vista político”.

O dia da consciência negra no Brasil é comemorado dia 20 de novembro, sexta-feira. Confira a programação da semana da consciência negra:

18 (quarta-feira), 8h30 – Marcha das Mulheres Negras – Concentração no Ginásio Nilson Nelson.

19 (quinta-feira), 9h – Sessão Solene Dia da Consciência Negra – Comissão de Direitos Humanos, Senado Federal, Ala Nilo Coelho, Plenário 2.

19 (quinta-feira), 11h – Audiência Pública sobre “Situação das Mulheres Negras” – Plenário Ulisses Guimarães, Câmara dos Deputado