Ferramentas Pessoais
Acessar

Renan lê despacho que dá tempo de defesa para governo sobre contas de 2014

O presidente do Senado e do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), assinou nesta quarta-feira (21) um despacho no qual dá 45 dias para que o governo apresente o contraditório em relação ao parecer do Tribunal de Contas da União (TCU), que recomenda a rejeição das contas da presidente da República, Dilma Rousseff, de 2014. Renan leu o despacho em plenário para os senadores.
21/10/2015 19:59