Ouvidoria retoma horário de atendimento tradicional do 0800 das 8h às 19h

A partir da próxima segunda-feira (04/04), a Ouvidoria do Senado Federal retoma o horário tradicional de atendimento, que havia sido reduzido durante a pandemia. A partir das 8h da manhã até às 19h, os cidadãos poderão entrar em contato pelo 0800 061 2211, exceto em feriados e pontos facultativos.
31/03/2022 15:16

A partir da próxima segunda-feira (04/04), a Ouvidoria do Senado Federal retoma o horário tradicional de atendimento, que havia sido reduzido durante a pandemia. A partir das 8h da manhã até às 19h, os cidadãos poderão entrar em contato pelo 0800 061 2211, exceto em feriados e pontos facultativos. Já em horário integral e durante fins de semana e feriados, os cidadãos têm à disposição o envio de demandas pelo site www.senado.leg.br.

Com a vacinação em dia, as flexibilizações das medidas de proteção e a liberação pela equipe médica do Senado, o órgão deixará de fazer as escalas semanais - que haviam sido impostas para evitar aglomerações - e volta a funcionar por mais tempo. A expectativa é que o número de ligações registre crescimento, já que o 0800 estará disponível por mais cinco horas durante o dia. O canal é uma das principais formas de contato dos cidadãos com a Ouvidoria.

O ouvidor-geral do Senado, senador Plínio Valério (PSDB-AM), destaca que a Ouvidoria tem trabalhado a cada dia para abrir espaço aos cidadãos que recorrem ao Senado. “Nossos canais de atendimento estão abertos para receber sugestões, reclamações, denúncias e críticas. Agora, com a volta do atendimento nos horários tradicionais, o 0800 estará disponível por mais cinco horas durante o dia. Destaco também que o cidadão pode mandar sua demanda pelo site durante qualquer horário, que daremos prosseguimento no atendimento. Não vamos deixar de ouvir cada cidadão e encaminhar respostas”, explicou.

A coordenadora-geral da Ouvidoria, Margarett Cabral, ressalta que mesmo durante a pandemia o órgão não deixou de funcionar e continuou atendendo às demandas dos cidadãos em regime de escala, com redução do número de atendentes na equipe de atendimento. “Com responsabilidade, com a supervisão da equipe médica do Senado e a realização de exames periódicos, nossa equipe continuou atendendo as ligações e avançamos muito no sentido de aproximar o cidadão dos trabalhos legislativos do Senado”, afirma.