Sessão solene do Congresso Nacional

08 de setembro de 2022, Congresso Nacional (DF)
06/09/2022 21:20

Em comemoração ao Bicentenário da Independência do Brasil será realizada no dia 08 de setembro, quinta-feira, às 10h, uma sessão solene no Congresso Nacional que reunirá os chefes de Estado do Brasil, de Portugal e de outras ex-colônias portuguesas, além de ex-presidentes do Brasil e dos presidentes do Congresso e da Câmara dos Deputados.

A sessão será realizada no Plenário da Câmara dos Deputados com a participação do presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco; o presidente da República, Jair Bolsonaro; o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira; o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo; e o primeiro-secretário da Mesa do Congresso Nacional, deputado Luciano Bivar.

Estarão presentes também no plenário ex-presidentes da República e chefes de Estado estrangeiros foram confirmados os representantes das comitivas de Cabo Verde, Guiné Bissau e Moçambique. Assim como o Brasil, todos estes países foram ex-colônias portuguesas e só obtiveram o reconhecimento de suas independências na década de 1970.

A sessão inicia-se antes às 8h30, com a chegada dos militares que participarão da formação externa da cerimônia. Às 8h45, chegam ao Palácio do Congresso os presidentes do Senado e da Câmara. Logo em seguida, às 8h55, começam a chegar os chefes de Estado estrangeiros e os ex-presidentes do Brasil. Estão confirmados os presidentes de Portugal, Marcelo Rebelo; de Cabo Verde, José Maria Neves; e de Guiné Bissau, Umaro El Mokhtar Sissoco. Também deve comparecer um representante do presidente de Moçambique, Filipe Nyusi.

Todos serão recebidos pelos presidentes do Congresso Nacional e da Câmara dos Deputados e, após um café-da-manhã de boas-vindas, participarão da abertura da exposição 200 Anos de Cidadania: O Povo e o Parlamento, exposição esta que também faz parte das comemorações do Bicentenário da Independência.

A exposição 200 Anos de Cidadania: O Povo e o Parlamento foi organizada pelo Museu do Senado e o Centro Cultural da Câmara dos Deputados, em que revisita a Independência com o objetivo de mostrar a evolução dos direitos civis, políticos, sociais, étnico-raciais e coletivos, até as conquistas legislativas mais recentes.

Ao término da inauguração da exposição no Salão Negro, todos os convidados seguirão para a sessão solene no Plenário da Câmara dos Deputados para o encerramento da sessão que está previsto para o meio-dia.

Fonte: Agência Senado