CDH vai debater criação da Semana do Bebê e do Aleitamento Materno

Da Redação | 02/03/2016, 16h11 - ATUALIZADO EM 02/03/2016, 16h41

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participação (CDH) fará audiência pública interativa, nesta quinta-feira (3), para debater o Projeto de Lei do Senado (PLS) 197/2013, do ex-senador e atual governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg. O projeto cria a Semana Nacional do Bebê e do Aleitamento Materno, que passaria a ser comemorado anualmente na semana do dia 25 de agosto.

A escolha da data para comemoração da Semana Nacional do Bebê e do Aleitamento Materno se deve ao aniversário de Zilda Arns (1934-2010), médica pediatra e sanitarista, que se dedicou ao combate à mortalidade infantil.

Ao justificar a proposta, Rollemberg afirma que a celebração da semana do bebê já é uma realidade em muitos municípios brasileiros, com o importante incentivo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). Estabelecer a data em nível nacional vai contribuir para fortalecer essas iniciativas, acredita ele.

Foram convidados para a audiência a coordenadora-geral de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, Luiza Geaquinto Machado; o coordenador da Rede Ibero-Americana de Bancos de Leite e da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, João Aprígio Guerra de Almeida; e um representante da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

Amamentação

Estudo publicado nesta quarta-feira (2) pela revista inglesa especializada em saúde The Lancet, e divulgado pela Agência Brasil, mostrou que as mães brasileiras amamentam mais do que as britânicas, as americanas e as chinesas.

O estudo revela que o Brasil assumiu posição de destaque em relação a esses países. Isso, de acordo com a publicação, se deve a avanços brasileiros em políticas de estímulo à amamentação. O estudo aponta o país como referência mundial no aleitamento materno.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)