CCJ aprova mudanças nas regras para o trabalho de gestantes em atividades insalubres

12/12/2018, 18h22 - ATUALIZADO EM 12/12/2018, 19h10

O trabalho de gestantes ou lactantes será autorizado em atividades de grau médio ou mínimo de insalubridade. Projeto nesse sentido (PLS 230/2018), que foi um dos principais pontos de discórdia na reforma trabalhista, foi aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). A senadora Simone Tebet (MDB-MS) explicou que a proposta assegura o recebimento do adicional, quer a gestante continue trabalhando ou seja afastada.

A reportagem é de Bruno Lourenço, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
13h13 CPI da Pandemia: Questionado por Eduardo Girão (Podemos-CE) sobre "tratamento precoce”, Queiroga não deu sua opinião e disse que o ministério elaborará protocolo clínico e diretriz terapêutica que serão colocados à discussão em consulta pública.
12h57 CPI da Pandemia: Ciro Nogueira (PP-PI) disse que o ex-ministro Mandetta mentiu à CPI ao afirmar que o Brasil poderia ter começado a vacinar em novembro passado, pois, no mundo, só foi possível a aplicação da primeira dose em dezembro.
12h43 CPI da Pandemia: O ministro Marcelo Queiroga disse que vai encaminhar ao Plano Nacional de Imunização (PNI) o pedido de Mara Gabrilli (PSDB-SP) para que pessoas com deficiências e comorbidades tenham prioridade na vacinação contra covid-19.
Ver todas ›