Plenário poderá votar voto distrital misto

17/11/2017, 16h19 - ATUALIZADO EM 17/11/2017, 17h04

O Plenário do Senado poderá votar, na semana que começa no dia 20, projetos que tratam do voto distrital misto, de bolsa de estudos para gestantes e da destinação do imposto sobre o tabaco para a saúde.  O PLS 345/2017, do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), institui o sistema distrital misto para as eleições da Câmara dos Deputados, assembleias legislativas, câmaras municipais e Câmara Distrital. O PLC 62/2017, da deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), prorroga os prazos de vigência das bolsas de estudo concedidas por agências de fomento à pesquisa nos casos de maternidade e de adoção. O PLS 147/2015, do senador Otto Alencar (PSD-BA), altera a Lei Orgânica da Saúde para vincular ao Fundo Nacional de Saúde a arrecadação de impostos sobre produtos derivados do tabaco. Também está na pauta do Plenário o PLC 48/2017, do deputado Luis Tibé (PTdoB-MG), determinando que anunciantes na internet divulguem o preço de forma clara. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.



Opções: Download