CDH rejeita sugestão legislativa pela criminalização do funk

20/09/2017, 19h33

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) rejeitou, nesta quarta-feira (20), sugestão legislativa para tipificar o funk como crime à saúde pública (SUG 17/2017). O relator, senador Romário (Pode-RJ), defendeu a rejeição e alegou que o ritmo musical é uma forma de dar voz aos jovens das classes sociais mais baixas. Na mesma reunião, a CDH aprovou o projeto de Romário estabelecendo que as pessoas com deficiência em situação de vulnerabilidade – como abandono, dor ou qualquer forma de exclusão – sejam avaliadas em suas casas por uma equipe multidisciplinar (PLS 204/2017). Mais informações na reportagem de Marina Ferreira, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
10h02 Moro na CCJ : Os senadores começaram neste momento suas perguntas ao ministro Sérgio Moro. O primeiro a perguntar é o senador Weverton (PDT-MA), que criticou a postura do ministro e perguntou se ele não deveria se afastar do cargo.
09h52 Moro na CCJ: O ministro Sérgio Moro encerrou sua fala inicial. Ele disse ter havido uma invasão criminosa por grupo organizado com objetivo de invalidar condenações ou mesmo atrapalhar investigações em andamento ou atacar instituições.
09h19 Sergio Moro na CCJ : A presidente da CCJ, senadora Simone Tebet (MDB-MS), acaba de abrir a audiência com o ministro da Justiça, Sérgio Moro. O ex-juiz da Lava Jato terá 30 minutos iniciais para explicar suas conversas com Deltan Dallagnol.
Ver todas ›