“200 anos de Independência: lições da história para a construção do amanhã”


Release

Presidente do Senado anuncia os vencedores nacionais do concurso do redação

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, anunciou nesta terça-feira (10) os nomes dos três primeiros colocados no concurso de redação do programa Jovem Senador, cujo tema foi o bicentenário da independência. Os nomes dos 27 selecionados, um de cada unidade da federação, haviam sido anunciados na semana passada. Todos os escolhidos vão vivenciar o processo legislativo dentro do Senado em junho.

O primeiro colocado de 2022 é da cidade de Sobral (CE). Francisco Davi da Silva Pereira tem 17 anos e cursa o terceiro ano do ensino médio. O segundo colocado, Guilherme Carvalho Bilio de Sousa, tem 16 anos e cursa o terceiro ano do ensino médio na cidade de São Domingos do Maranhão (MA). O terceiro colocado vem da cidade de Alta Floresta D'oeste (RO). Guilherme Bento Smaleski, de 16 anos, também cursa o terceiro ano do ensino médio.  

— Além de cumprimentar os vencedores, parabenizo todos aqueles que venceram em seus estados e se tornaram jovens senadores e jovens senadoras. Aproveito ainda esta oportunidade para agradecer o apoio dos professores e professoras orientadores que acompanharam os estudantes nesta jornada — disse Pacheco.

Todos os estudantes que concorrem no concurso de redação são do ensino médio, de escolas públicas de todo o país. Além da viagem, com passagem aérea, hospedagem, alimentação e locomoção incluídos, cada jovem senador ganha um notebook como prêmio. Os professores orientadores das redações escolhidas também vêm a Brasília e são premiados com notebooks.

Vivência

A vinda dos estudantes a Brasília — chamada de Semana de Vivência Legislativa — tradicionalmente é feita em novembro, mas neste ano o calendário foi modificado. Os autores dos textos vencedores viajam para Brasília no período de 27 de junho a 1º de julho, quando passarão pelo processo de discussão e elaboração das sugestões legislativas.

O trabalho dos jovens simula a atuação dos senadores, numa legislatura com quatro dias de duração. Começa com a posse e eleição da Mesa e termina com a aprovação dos projetos e sua publicação no Diário do Senado Federal. As sugestões acatadas são encaminhadas à Comissão de Direitos Humanos (CDH). Desde o início do programa, já foram apresentadas 54 proposições ao colegiado. Destas, 40 foram aceitas e passaram a tramitar como projetos de lei e duas seguiram como propostas de emenda à Constituição (PECs), lembrou Pacheco.

— Reafirmo o compromisso no Senado Federal na educação e no seu poder para transformar a vida e a realidade brasileira com iniciativas como a do projeto Jovem Senador, que promove a participação jovens na política disseminando os valores e conceitos da democracia, da ética e da participação política — disse o presidente.

Vencedores

As idades dos estudantes premiados variam entre 14 e 18 anos, mas a faixa entre 16 e 17 anos de idade é a que tem mais estudantes, 20 no total. O terceiro ano do ensino médio é a série com mais estudantes contemplados, 16 dos 27 vencedores. A grande maioria dos escolhidos vem de cidades do interior: são 22, contra cinco residentes em capitais. Dos 27 alunos escolhidos, a maioria é de mulheres — são 19 estudantes do sexo feminino e 8 do sexo masculino.

— Destaco que a classificação geral dos estados foi amplamente vencida pelas jovens. No grupo dos 27 jovens senadores (...), 19 são alunas e oito são alunos, evidenciando o crescente envolvimento das mulheres na política nacional, desde jovens — comemorou o senador.

Ele também deu os parabéns à estudante selecionada no seu estado, Minas Gerais. Ana Luiza Neri Valadares, de 15 anos, é estudante do primeiro ano do ensino médio em Pará de Minas.

Veja o anúncio no vídeo abaixo.

Lista dos jovens senadores 2022

Fonte: Agência Senado

IMPRIMIR | E-MAIL Compartilhar: Facebook | Twitter | Google+ | Pinterest