Congresso derruba impedimento para retorno de inadimplentes ao Simples

Da Redação | 05/06/2019, 20h03

O Congresso rejeitou, nesta quarta-feira (5), um veto (VET 29/2018) do ex-presidente Michel Temer ao projeto que permitia o retorno de microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte, ao Simples Nacional. Esses microempreendedores haviam sido excluídos do regime simplificado de tributação por inadimplência.

Para o Poder Executivo, o projeto era contrário ao interesse público e inconstitucional. “O Simples Nacional é um regime de tributação favorecida, e o retorno dos inadimplentes ampliaria a renúncia de receita sem atender condicionantes das legislações orçamentária e financeira”, argumentou Temer no veto. Ele também afirmou que o projeto prejudicava  os esforços de consolidação fiscal.

Com o veto derrubado, os optantes do regime especial poderão retornar ao programa se aderirem a um plano específico de regularização tributária. A estimativa é de que 600 mil contribuintes receberam aviso de exclusão por estarem em débito com o Simples Nacional.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
20h03 Prêmio Chico Xavier: Os senadores aprovaram a criação do Prêmio Chico Xavier do Senado Federal (PRS 44/2020), que será concedido a pessoas ou entidades que se destaquem em ações sociais de caridade. Segue para promulgação.
19h34 Ministro do STF: O Senado aprovou por 57 votos a 10 a indicação de Kassio Marques para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele assume a vaga a ser aberta pela aposentadoria do ministro Celso de Mello (MSF 59/2020).
19h02 CVM: O Senado aprovou por 50 votos a 11 a indicação de Alexandre Costa Rangel (MSF 55/2020) para a diretoria da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
Ver todas ›