Jayme Campos defende aprovação de reformas estruturais para estimular a economia

Da Redação | 13/02/2019, 18h57

O senador Jayme Campos (DEM-MT) defendeu nesta quarta-feira (13) em Plenário a aprovação de reformas estruturais como a previdenciária, a tributária e a do Pacto Federativo, que vê como necessárias para o país retomar o desenvolvimento com crescimento sustentável.

— A população espera que a partir da ampla renovação política, determinada pelas urnas, o Brasil inicie um novo ciclo de prosperidade e mudanças, recuperando a esperança e a confiança dos cidadãos no futuro — afirmou.

Depois de destacar que apoia uma "agenda moderna e adequada aos novos desafios do país", que implique a construção de um Estado "eficiente e solidário", Jayme Campos recomendou que o governo invista mais na melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. Ele disse que o Brasil precisa se ter um ambiente mais adequado para a livre iniciativa, para o empreendedorismo, e para a geração de melhores oportunidades de emprego e renda para a população, especialmente para os mais jovens.

Lei Kandir

Jayme Campos anunciou que no exercício do seu mandato vai defender a revisão da Lei Kandir para garantir uma maior distribuição das riquezas produzidas no estado. A Lei Kandir determina a desoneração do ICMS que incide sobre as exportações, estabelecendo também a compensação para os estados exportadores. O senador também denunciou que no ano passado o governo federal não liberou para o Mato Grosso os R$ 500 milhões a que o estado tem direito a receber do FEX, que é um auxílio financeiro para o fomento das exportações.

— O Mato Grosso, lamentavelmente, talvez seja um dos estados mais prejudicados da nossa Federação, diante do fato de o governo federal não ter repassado os recursos, que são, com certeza, direito não do estado, mas, sim, do seu povo, que precisa de mais saúde, mais educação, mais segurança, mais estradas — afirmou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
17h36 Cartão em braile: O Plenário aprovou projeto (PLC 84/2018) que assegura às pessoas com deficiência visual o direito de receber cartões de crédito e de movimentação de contas bancárias em braile. O projeto segue para sanção.
16h09 Canudos e plásticos: A Comissão de Meio Ambiente (CMA) aprovou o Projeto de Lei do Senado 263/2018, que proíbe a produção e o uso de canudos e sacolas de plástico no Brasil. A matéria segue para o Plenário.
15h57 Informações ambientais : A Comissão de Meio Ambiente (CMA) aprovou o Projeto de Lei do Senado 458/2018, que permite aproveitar informações de impacto ambiental em licenciamentos na mesma área geográfica. A matéria segue para a Câmara.
Ver todas ›