Capiberibe propõe controle social das contas públicas por meio de aplicativos de celular

Da Redação e Da Rádio Senado | 20/09/2017, 18h22 - ATUALIZADO EM 22/09/2017, 15h47

Em discurso nesta quarta-feira (20), o senador João Capiberibe (PSB-AP) registrou a apresentação do Projeto de Lei do Senado (PLS) 325/2017, de sua autoria, que institui a gestão compartilhada, pela qual os cidadãos poderão acompanhar, por meio de aplicativos na internet ou na telefonia celular, a execução orçamentária, financeira e física de obras, da prestação de serviços públicos e de aquisições de equipamentos. Trata-se, segundo Capiberibe, de uma nova tecnologia social para renovar a política.

O senador explicou que o objetivo do projeto é estimular a população a ajudar construir uma sociedade melhor, na qual o cidadão volte a acreditar nas instituições por meio do exercício do controle social, tendo como aliada a tecnologia.

Ao dizer que as instituições fracassaram no exercício da fiscalização e do controle, Capiberibe declarou ser necessário que a sociedade desperte para as suas próprias possibilidades. Ele acredita que a tecnologia digital e os aplicativos da atualidade são instrumentos para isto.

— Creio que 80% dos brasileiros dispõem hoje de um celular, de um smartphone com a possibilidade de trocar informações através do WhatsApp ou de um outro aplicativo, e precisamos usar essa tecnologia para fazer avançar a democracia brasileira.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)