Coronavírus: senadores comentam liberação de cultos religiosos

27/03/2020, 17h14

O senador Humberto Costa (PT-PE) classifica de equivocado o decreto do presidente da República, Jair Bolsonaro, de liberar o funcionamento das igrejas. Na condição de médico, Humberto alerta para o perigo da propagação do coronavírus e lembra que as mais diferentes lideranças religiosas estão se valendo da internet para dar continuidade às suas atividades. Ao defender a reabertura das igrejas, o senador Marcos Rogério (DEM-RO) afirma que as pessoas desesperadas poderão contar com orientação espiritual. As informações são da repórter Hérica Christian, da Rádio Senado. Ouça o áudio com mais informações.



Opções: Download


Senado Agora
20h43 Orçamento de ministérios: Senado aprovou, em votação simbólica, abertura de crédito suplementar de mais de R$ 615 mi em favor dos Ministérios da Agricultura, da Justiça e da Defesa. O PLN 17/2020, já aprovado pelos deputados, vai à sanção presidencial.
20h41 Derrubado veto a serviços jurídicos sem licitação: Senadores derrubaram veto (VET 1/2020) ao projeto que permite dispensa de licitação para contratação de serviços jurídicos e de contabilidade pela administração pública (PL 4.489/2019). A proposta segue à promulgação.
19h54 Derrubado veto à telemedicina: Os senadores derrubaram veto (VET 6/2020) ao projeto que regula o exercício da telemedicina durante a pandemia de covid-19 (PL 696/2020). Os dispositivos que haviam sido vetados seguem para promulgação.
Ver todas ›