Jornada de 30 horas para psicólogos não prejudica atendimento, afirmam participantes de audiência na CDH

12/11/2018, 18h45 - ATUALIZADO EM 13/11/2018, 09h32

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) tratou nesta segunda-feira (12), em audiência pública, de projeto que reduz de 40h para 30h semanais a jornada dos psicólogos (PLS 511/2017). O argumento é de que o trabalho do psicólogo exige formação continuada para lidar com assuntos complexos, como prevenção ao suicídio, abuso de crianças e atendimento prisional. Além disso, eles precisam cuidar da própria saúde mental — duas exigências que requerem tempo. Para o senador Hélio José (Pros-DF), que presidiu o debate, a reivindicação da categoria é justa e o projeto deve prosperar.

A reportagem é de Marcela Diniz, da Rádio Senado. Ouça o áudio com mais informações.



Opções: Download