Plenário poderá aprovar novos agravantes para o crime de feminicídio

09/03/2018, 18h17 - ATUALIZADO EM 13/03/2018, 18h28

O Plenário do Senado poderá votar uma proposta que amplia os casos que agravam a pena do feminicídio (PLC 8/2016). Entre os agravantes está o crime praticado contra portadoras de doenças degenerativas ou testemunhado por familiares da vítima, ainda que pela Internet. Os senadores também poderão decidir pela criação do Plano Nacional de Enfrentamento ao Homicídio de Jovens (PLS 240/2016) e pela ratificação de um acordo aeroespacial entre Brasil e Estados Unidos (PDS 245/2017). Os detalhes na reportagem de Marcella Cunha, da Rádio Senado.



Opções: Download