Senado examina fim do auxílio-moradia de juízes e parlamentares

24/01/2018, 10h25 - ATUALIZADO EM 24/01/2018, 10h27

Duas propostas em tramitação no Senado destinam-se a acabar com o auxílio-moradia para ocupantes de cargos públicos. Uma delas é a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 41/2017, de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Ele sustenta que “o auxílio-moradia acabou se tornando uma moeda de acréscimo salarial”, burlando o teto remuneratório. A PEC tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), aguardando a designação de relator. Já a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) examina uma sugestão de iniciativa popular que propõe o fim do auxílio-moradia para deputados, juízes e senadores (SUG 30/2017). O relator também é o senador Randolfe Rodrigues. O senador Telmário Mota (PTB-RO) acredita que o tema será uma das prioridades da CDH, logo após o início dos trabalhos legislativos, inclusive com a realização de uma audiência pública. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.



Opções: Download